21 janeiro 2019

21 janeiro 2019

As horas complementares e sua importância

Para completar o aprendizado, é comum que as universidades tenham uma cota de horas complementares necessárias para que o estudante se forme. Elas servem para garantir que o aluno esteja em contato com diversas experiências, relacionadas ou não ao curso, e se desenvolva pessoal e profissionalmente.
Entregar os comprovantes dessas atividades pode ser bem tranquilo! Se organizar direitinho, essa pendência é resolvida sem problemas durante o curso. Aqui vão algumas dicas para agilizar esse processo:


1. Confira o que vale para seu curso

Muitas universidades aceitam ingressos de cinema, teatro, shows, palestras, cursos de curto, médio e longo prazo, grupos de estudo, participação em atléticas e mais diversas outras atividades de lazer ou não. Intere-se sobre a validade do que você tem feito e o que falta. Assim dá para organizar melhor seu tempo e procurar atividades que complementem as horas faltantes. É provável que uma parte dessas horas sejam destinadas a estágios, intercâmbios, pesquisas acadêmicas e iniciações científicas.


2. Verifique o prazo para entrega
Alguns cursos exigem que as horas sejam entregues semestralmente, outros ao final do período letivo, outros ainda aceitam após alguns anos da formação. Checar essas datas pode impedir problemas mais para frente.


3. Participe dos eventos da faculdade
O campus de uma universidade é repleto de experiências e atividades. Mesmo que seu curso não tenha nenhum evento próximo, com certeza outros estão acontecendo. Isso também vale para aulas extracurriculares e palestras.


4. Guarde comprovantes de tudo o que participar no período universitário
Ter uma pasta ou caixa com todos os certificados e ingressos é um modo para garantir a organização desses documentos tão importantes. Assim, você consegue ter uma noção de quais são as atividades necessárias faltantes e manter todas que já tem em um lugar de fácil acesso.


5. Cursos online

Fazer uma pesquisa sobre cursos online que se relacionem com sua área de atuação também é uma dica interessante: além da flexibilidade de horário, é possível desenvolver o aprendizado no seu ritmo.