28 agosto 2018

28 agosto 2018

Leitura dinâmica: Como aprender mais em menos tempo

Quem nunca virou a noite estudando uma matéria ou terminando aquele trabalho superlongo? Às vezes a rotina pesa mesmo, estudante.
E, como sabemos que não tá fácil para ninguém, separamos algumas dicas para você ler cada vez mais rápido, absorvendo cada vez mais informações! Essa técnica, conhecida como leitura dinâmica, pode te ajudar muito desde o colégio até o ambiente de trabalho. Confira essas dicas para começar a praticar:


1. Evite interrupções.
Principalmente no começo, o que conta é a concentração. Pra facilitar, uma dica é treinar em um lugar bem calmo. Escolha um texto que quer ler, tire as distrações de perto e separe algum tempo.


2. Cronometre quanto tempo você leva naturalmente.
Na primeira vez em que ler o material, cronometre quanto tempo leva para terminá-lo. Assim, quando souber, poderá fazer uma média de quantas palavras consegue ler por minuto e traçar sua meta.
Ah, também é importante checar o quanto de informação presente no texto você lembra dessa primeira vez.


3. Não pare de ler até o texto acabar.
Mesmo que surjam dúvidas sobre o significado de algumas palavras ou que se perca no caminho, continue a ler, você está ganhando ritmo! Nessa hora, o importante não é entender completamente todo o texto, mas saber, no geral, do que ele trata. Quando acabar a leitura, retome somente as partes que não entendeu.



4. Não pronuncie, mesmo que mentalmente.
Dizer, em voz alta ou para si mesmo, cada palavra que lê, pode atrapalhar muito. Com o cérebro preocupado em pronunciar, leva muito mais tempo compreender os significados.



5. Encare o texto em blocos.
Com a prática, fica cada vez mais fácil focar em um único ponto da palavra para desvendá-la ao invés de ler cada sílaba. Ver o texto como um conjunto de blocos formados por unidades de pensamento vai te ajudar a encontrar as ideias centrais e palavras mais importantes.


6. Leia sempre que puder.
Mesmo que não tenha esse hábito, praticar a leitura pelos menos um pouco todos os dias vai te ajudar na concentração e no aprimoramento da técnica. Qualquer minuto conta!

Leia Mais >>

21 agosto 2018

21 agosto 2018

Fake News: entenda como identificá-las


Essa história, que não é de hoje, pode mudar drasticamente o futuro.

Eleita a palavra do ano em 2017, o termo “Fake News” ganhou visibilidade nas eleições estadunidenses de 2016, através do então candidato Donald Trump.
Mas a distribuição deliberada de informações incorretas, que já acontece há muito tempo e com muito impacto, ganha uma nova modalidade nos dias atuais. Segundo o professor de jornalismo da Uniderp (faculdade de Mato Grosso do Sul, parte do grupo Anhanguera), Clayton Sales, as fake news se apropriam do potencial de compartilhamento da internet e das redes sociais para ganhar mais força.
Como fazer então para evitar receber e compartilhar as chamadas fake news? Separamos algumas dicas que podem te ajudar nessa época tão importante de eleição (e na vida!):

1. Não tire conclusões baseadas na manchete.

As fake news, segundo Clayton Sales, não surgiram com a internet. Mas nesse ambiente é muito mais rápido e barato publicar certas matérias e, para chamar público, elas costumam ter títulos muito chamativos e inacreditáveis. Por isso, mesmo que a tentação de compartilhar sem ler tudo seja forte, não caia nessa! Na maior parte das vezes, o assunto do texto não tem nada a ver com o que foi prometido.


2. Sempre que alguma notícia parece estranha, provavelmente ela é.

O (A) autor (a) não cita fontes? Surge com alguns argumentos que parecem ter surgido do nada? Fuja! Matérias sérias sempre vão te dar alguma base, seja com argumentos acadêmicos ou depoimentos de especialistas no assunto.


3. Confira todas as informações importantes.

Quando essa matéria foi lançada? Eles citam outras matérias? O site parece confiável? Você já ouviu falar no autor (a)? O nome dele (a) é vinculado a matérias sérias? Convenhamos, se você não descobriu nada sobre o lugar em que foi publicada ou sobre quem escreveu, é bem provável que seja uma notícia falsa…


4. Verifique se a notícia já saiu em outros canais relevantes.

Esse é um método muito bom para descobrir se a notícia é verdadeira. Se ela é tão bombástica quanto promete, com certeza não foi só um site que falou dele.

Leia Mais >>

14 agosto 2018

14 agosto 2018

Dicas de como montar uma apresentação incrível

Desde muito novos temos contato com apresentações. Pode ser que você tenha vivido essa situação no colégio: o professor passando vários slides chatos e todo mundo da sala morrendo de sono. Talvez você lembre das vezes em que teve que apresentar trabalhos na frente de todos e ninguém estava prestando muita atenção.
Mas expor ideias e conceitos para um público não precisa ser esse monstro de sete cabeças! Usando recursos atrativos e organizando a informação da forma correta, dá pra impressionar sua plateia no colégio, na faculdade e também no trabalho.
Confira (e salve) essas dicas! Nunca se sabe quando uma apresentação de arrasar será seu diferencial. ;)


1. Fuja do nervosismo com antecedência!
O primeiro passo é ler todo o material disponível e selecionar quais informações não podem faltar. Além de te dar uma ideia de todo o conteúdo, isso vai te ajudar a organizar a apresentação e ter a certeza que não esqueceu nada de importante.


2. Exponha as informações como quem conta uma história.
Organizar por tópicos o assunto é uma boa estratégia para evitar aquele vai e volta no assunto. Assim, você pode mostrar o desenvolvimento do raciocínio e ganhar a atenção do público para o que virá em seguida.


3. Equilibre os textos e imagens.
Agora que você definiu o lugar certo para cada informação, aproveite para intercalar as imagens e gráficos interessantes com os tópicos curtos escritos.
Além de aprofundar o assunto, isso vai passar credibilidade para o trabalho.


4. Design importa!
Prestar atenção na hora de escolher a fonte e o template vale a pena, viu? É sempre importante checar se as imagens estão em boa qualidade, se o texto está legível e se os recursos de áudio e vídeo estão funcionando. O ideal é apostar em um design simples e organizado, limpando tudo o que está em excesso.


5. Fale com segurança e calma.
Na hora de colocar em prática, fique tranquilo! Você sabe o assunto e tem uma boa apresentação como acompanhante. Agora vai aquela dica de ouro: passe e repasse toda a fala, enfatizando o que é mais importante. Explique o material, de acordo com a ordem que escolheu para parentes, amigos, colegas e quem mais puder, inclusive para seu espelho. :D Isso vai te ajudar MUITO na memorização e também passa a confiança necessária.

Dica extra: Tudo bem ficar nervoso no primeiro momento! Respire e concentre-se em falar com calma e segurança.


Leia Mais >>

08 agosto 2018

08 agosto 2018

Como vencer o nervosismo na entrevista de emprego

Estando na faculdade ou já formado, depositamos muitas expectativas na carreira que está prestes a começar. Só de pensar que o seu futuro pode ser decidido em uma conversa com um empregador já dá um frio na barriga, né? Esse medo e essa ansiedade podem prejudicar muito no momento da entrevista, principalmente se você não tiver muita experiência.

Viemos afastar de vez esse problema e mostrar para você que não há motivos para o nervosismo. Segue aí nossas dicas:

Prepare-se com calma

Se você ainda não possui uma habilidade aguçada de comunicação, comece a se preparar agora. Por mais que pareça ser um “micão”, não tenha medo de treinar seu diálogo com o espelho. Fale sobre você, suas experiências, habilidades e competências. Deixar isso bem fresco na cachola ajudará na hora que for questionado pelos futuros empregadores.

Chegue com antecedência

Você não precisa chegar três horas antes e ficar andando de um lado para o outro, até porque, isso só vai aumentar o nervosismo. Chegue 15 minutos antes do horário combinado e aproveite o tempinho extra para rever mentalmente o que foi treinado ou tranquilizar a mente com uma música ou revista da recepção.

Não se atropele nas palavras

Ouça as perguntas com calma e concentre-se na hora de formular as respostas. Não tem problema se você precisar de alguns segundos para entender o que está sendo perguntado; apenas lembre-se de articular seu pensamento de forma clara. Uma dica é concluir questionando se você conseguiu cobrir os ponto-chave que o empregador desejava saber.

Não se cobre

Tenha em mente uma única coisa na hora da entrevista: o mundo não acabará caso você não seja contratado. Outras vagas, outros empregadores e outros momentos surgirão. Entregar-se 100% à oportunidade é fundamental, mas faça isso sem pressão. A decisão nem sempre depende de você. Acredite: se a vaga for sua, tudo dará certo. Caso contrário, existem muitas chances pela frente.

Deixe o medo em casa

Quem vai te entrevistar provavelmente já fez isso algumas vezes e, por isso, ele saberá conduzir uma entrevista adequada. Isso, porém, não é motivo para antecipar a ansiedade achando que te farão perguntas impossíveis de responder. Mantenha uma postura confiante e focada durante toda a entrevista. A dica é deixar a conversa fluir como se falasse com um amigo, e não com alguém de tamanha importância. Não há motivos para temer um papo. :)

Essas são algumas das dicas que poderão te ajudar. O resto, você só aprende de um jeito: na prática! Aproveite as oportunidades que surgirem e dê tudo de si. Boa sorte!
Leia Mais >>

02 agosto 2018

02 agosto 2018

Como aproveitar o melhor da faculdade

O momento que você viu seu nome na lista de aprovados deve ter sido único. Mas, e se, apesar dessa gratidão, você se sentisse deslocado, sufocado ou até desanimado? Tá tudo bem.

A expectativa para o começo das aulas às vezes pode ser tão grande que não acompanha seu ritmo de adaptação. Muitas vezes, o tamanho do universo acadêmico se estende e você perde a referência do que fazer, como fazer, por que fazer. Por isso, juntamos algumas dicas do que não pode faltar nessa sua experiência!

O lar dos livros

O que te ensinam dentro da sala de aula nem sempre representará 100% do que você pode aprender sobre a matéria; como um fato, é esperado que o universitário use as aulas como caminho para grandes estudos. Que tal, então, dar um pulinho (ou muitos) na biblioteca? Lá é o local onde você poderá complementar aquele assunto que você tanto se interessou, ou buscar um novo conhecimento relacionado ao seu curso ou até mesmo aos outros, por apenas curiosidade. Aventure-se!

Presença confirmada nos eventos

Durante seus anos de faculdade haverão diversas oportunidades de participar de eventos dos mais distintos, desde feiras, exposições, palestras, workshops, concursos, entre outros. Deixe de preguiça e fique ligado nas inscrições: você pode acabar descobrindo mais sobre áreas que nem conhecia, ou até, encontrando um profissional da sua área que tanto admira. Tudo isso e, claro, o bom e velho networking: troca de contatos!

Mais que amigos, aluno e professor!

É mentira quando dizem que criar laços com seu professor irá te afastar dos colegas. Eles, os mestres, são os únicos que poderão tirar suas dúvidas com total clareza, ou te dar um feedback verdadeiro sobre seu desempenho. Não tenha medo de procurar seu educador para ter uma conversa sincera com ele. Acredite, isso é benéfico para os dois.

Aulas são importantíssimas

Não deixe a preguiça te prevenir de aprender mais sobre sua profissão. Às vezes, pode parecer difícil seguir o cronograma do professor ou fazer todas as obrigações da faculdade, mas saiba valorizar seu tempo em sala. É ali que você troca com os amigos, aprende e tem a possibilidade de crescer dentro do que mais ama, seja a distância ou presencialmente! Aproveite todas as oportunidades que a faculdade lhe oferece. Desse jeito, você mal vai precisar estudar para a prova!

Que tal, depois dessas dicas, agarrar seu curso pelos braços e sair por aí aproveitando? BORA!
Leia Mais >>