02 abril 2018

02 abril 2018

Como criar uma rotina de estudos perfeita?

As 24 horas parecem ser poucas para um dia. Sair com os amigos, dormir, dar uma bisbilhotada nas redes sociais e comer são apenas algumas das diversas atividades que precisamos encaixar nesse período de tempo e, claro, não podemos esquecer do horário de estudar. É sobre esse último tópico que iremos falar hoje.

De segunda à sexta



Não adianta só ir às aulas e prestar atenção no que o professor fala e coloca na lousa. Chegue em casa, dê uma descansada e separe o conteúdo que teve no dia para poder revisá-lo, com pequenas pausas de 10 a 15 minutos para que você também não sobrecarregue seu cérebro.

Busque outras fontes



Existem diversos livros sobre o mesmo conteúdo e, com a internet, as novidades só aumentam sobre o assunto que você está vendo. A verdadeira vantagem está em seu subconsciente não se acomodar, relacionando a escrita que você fez na sala com a leitura que você faz depois, tornando prazeroso e nada cansativo os estudos.

Cada dia é um novo dia



Um mês têm muitos dias para que você possa lembrar de cabeça cada horário e matéria que deverá estudar, então mantenha uma organização precisa sobre o que estudar e quando estudar. Sem essa logística há uma chance muito grande de acumular em um mesmo momento o estudo que você poderia dividir pela semana e inteira.

Descanso e lazer: todo mundo merece



Estudar é importante, mas lembre-se que também é preciso respeitar seu corpo. Marcar no cronograma horários para um descanso mais longo, esticando as pernas ou vendo um episódio da série que você acompanha é essencial. E não se culpe por achar que você poderia estar resolvendo mais um exercício durante aquele momento, pois o seu cérebro irá te agradecer. Quanto mais saudável mentalmente, melhor você conseguirá voltar para o cronograma do dia!

Poucas, mas precisas, essas foram as dicas de hoje. Já corre para deixar o seu cronograma montado o mais rápido possível e não perder nenhuma matéria até o final do semestre.