27 abril 2018

27 abril 2018

Quais hábitos podem atrapalhar seus estudos?

Quando o assunto é estudar, as pessoas criam os mais diversos hábitos para garantir que absorvam o conteúdo e recebam o tão esperado dez. Porém, algumas dessas práticas podem atrapalhar mais do que ajudar na fixação da matéria desejada. Confira abaixo qual tática de estudo pode ser prejudicial para você e melhore seu método de estudo.

Pesquisar na internet



Uma das grandes vantagens de hoje em dia é a existência da internet. Conseguimos manter contato com amigos de infância, assistir episódios de sua série favorita e ver notícias sobre o mundo inteiro, mas essa distração pode ser perigosa para a hora do estudo. Você começa pesquisando sobre o conteúdo da prova, mas acaba vendo um vídeo, uma receita de bolo ou um teste de personalidade. Deixe o celular e o computador de lado, estude com suas anotações e, caso apareça alguma dúvida, anote e procure mais tarde.

Exagerar no marca-texto



Na hora de ler estamos acostumados a utilizar as canetas marca-texto para destacar o que há de importante dentro do que está escrito, mas cometemos um grande erro em sublinhar frases e palavras em excesso. Isso não é eficiente, tendo em mente que utilizamos ela para separar o necessário. Ao invés disso, você pode usar a técnica de marcar apenas as palavras importantes do parágrafo ou escolher um número de linhas por parágrafo que poderão ser grifadas.

Reescrever inúmeras vezes



Alguns estudantes acreditam que reescrevendo continuamente suas anotações irão absorver melhor o conteúdo estudado. Entretanto, isso pode não ser tão efetivo como parece, pois você só estará reproduzindo um texto, como um ditado, diversas vezes. Melhor que isso é compartilhar suas anotações, por exemplo, com algum colega e tentar explicar o conteúdo lido, facilitando na memorização.

Decorar para as provas



Você pode achar que memorizar as fórmulas ou descrições garante um bom desempenho na sua prova, mas está enganado. É importante se certificar de que os conteúdos que você decorar são os mais importantes dentro do assunto, como a base de um raciocínio, para que não preencha a sua cabeça com matéria descartável e de pouca relevância.

Se você se identificou com uma ou mais situação, ainda há tempo de perder esse hábito e buscar novas formas de manter a matéria fresca em sua cabeça para as provas. Até a próxima, e não esquece de estudar, tá bom?
Leia Mais >>

16 abril 2018

16 abril 2018

Imposto de Renda: tire todas as suas dúvidas!

Muita gente concorda que a vida adulta têm prós e contras. Ganhar seu próprio dinheiro, fazer planos, se especializar e experimentar a liberdade faz tudo valer a pena… Até algumas responsabilidades chegarem, como o IR.
O prazo para entrega do imposto de renda está acabando! Se você é um "novo adulto" ou apenas tem dúvidas sobre esse documento super importante, viemos te ajudar:

O que é?

O IR é um tributo pago obrigatoriamente pelos contribuintes ao produzirem uma "riqueza", por exemplo, trabalhando. Todo ano, ao declarar os gastos que ocorreram no ano anterior, o contribuinte tem acesso ao seu valor devedor ou sua restituição.

Quem deve declarar?

Todos que receberam, no ano, mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, chegando a R$ 40.000,00, precisam declarar. Outros perfis você encontra aqui: https://bit.ly/2qkt48z

E quem não precisa?

Se você não se enquadra nos casos citados acima ou nos perfis do link, é dependente declarado por outra pessoa física ou teve seus bens comuns declarados pelo cônjuge (desde que o valor não ultrapasse R$ 30.000,00), você não precisa declarar!

Ainda preciso de ajuda. E agora?

Relaxa. Em várias unidades pelo país, professores e alunos estão oferecendo atendimentos gratuitos para ajudar comunidades locais e qualquer pessoa que precise tirar suas dúvidas.
Importante! Não se esqueça de levar seus documentos pessoais e comprobatórios dos rendimentos de 2017. Confira:


  • Campo Grande (MS)

Quando: 27 e 28 de abril
Onde: Shopping Norte Sul

  • São José (SC)
Quando: de 20 a 26 de abril, das 19h às 22h
Onde: Faculdade Anhanguera (Rua Luiz Fagundes, 1680 – Picadas do Sul – Laboratório 3)

  • Joinville (SC)
Quando: 28 de abril, das 9h às 12h
Onde: Unidade de Joinville

  • Caxias do Sul (RS)
Quando: de 23 a 27 de abril, das 19h10 às 21h30
Onde: Unidade de Caxias do Sul - Laboratório 1

  • Jundiaí (SP)
Quando: 28 de abril
Onde: Unidade de Jundiaí

  • Jacareí (SP)
Quando: até 27 de abril, exceto sextas-feiras, das 19h às 21h
Onde: Unidade de Jacareí
Contribuição: 1kg de arroz para doação

  • São Paulo (SP)
Quando: 19 de abril, das 19h30 às 21h30, e 28 de abril, das 8h às 12h.
Onde: Unidade Vila Mariana
Contribuição: 1kg de alimento não perecível

Quando: 28 de abril, das 9h às 16h
Onde: Unidade Santana
Contribuição: 1kg de alimento não perecível

  • Santo André (SP)
Quando: 28 de abril, das 9h às 16h
Onde: Unidade Santo André – Industrial
Contribuição: 1kg de alimento não perecível

  • Itapecerica da Serra (SP) 
Quando: 28 de abril, das 09h às 13h
Onde: Unidade de Itapecerica da Serra
Contribuição: 1kg de alimento não perecível

Quando: todas as terças e quintas, até 26 de abril, das 16h30 às 18h30
Onde: Unidade Taboão da Serra
Contribuição: 1kg de alimento não perecível

  • Guarulhos (SP) 
Quando: todos os sábados do mês de abril, das 9h às 12h
Onde: Unidade Guarulhos
Contribuição: 5 caixas de leite

  • Brasília (DF)
Quando: quintas e sextas-feiras até 27 de abril, das 17h às 21h
Onde: Unidade Pistão Sul (FAB)

  • Niterói (RJ)
Quando: 28 de abril, das 9h às 13h
Onde: Unidade de Niterói

Se tiver dúvidas sobre os atendimentos, entre em contato com as unidades da sua cidade!
Leia Mais >>

06 abril 2018

06 abril 2018

Como evoluir no mercado de trabalho

Entrar no mercado de trabalho pode ser difícil, mas se manter estável dentro de sua área é a tarefa mais delicada. Com as crises e evoluções do meio, a instabilidade é uma realidade.

Hoje, separamos algumas das principais dicas para sua carreira crescer de um jeito sólido, sabendo aproveitar oportunidades e construindo sua segurança, tanto pessoal quanto profissional.

Trate todos igualmente



Independente da hierarquia dentro de uma empresa, devemos tratar todos os membros da equipe como iguais, dando voz a cada um deles sem desdenhar de suas ideias e opiniões. Desse modo, você solidifica o grupo, torna o trabalho mais produtivo e extrai resultados positivos, desenvolvendo também sua habilidade de trabalhar em equipe.

Invista em você



A tecnologia está em eterna evolução e com as pessoas não pode ser diferente: evoluir é importantíssimo, se mantendo informado e atualizado dentro da sua área de atuação. Não importa qual o seu meio, é sempre vantajoso investir em cursos ou treinamentos que busquem agregar conhecimento. Então, não fique receoso em gastar aquele dinheiro que estava guardado para as férias em seu desenvolvimento!

Feedbacks existem para aprimorar



Um dos maiores defeitos do ser humano é não conseguir fazer uma autoavaliação da maneira mais sincera possível. Então, como fazer para saber os pontos que está errando ou acertando dentro do seu emprego? É simples: converse com seu chefe ou superior e peça para ele te dar um feedback. Assim, você descobre como está seu desempenho em relação ao esperado, sua postura na empresa e outros tópicos que, aos nossos olhos, são difíceis de avaliar. O feedback é um degrau importante para quem sempre busca crescer profissionalmente.

Aprofundar a relação com os colegas



Geralmente, o tempo que passamos no trabalho é a maior parte do nosso dia. Por isso, mantenha o convívio saudável da melhor forma possível: conhecendo seus colegas. Manter uma boa relação com as diversas pessoas que trabalham ao seu lado melhora o desempenho da equipe e torna o ambiente mais leve, deixando todos confortáveis em trabalhar ao seu lado ou em seu projeto.

Essas foram as dicas para ajudar você que já ingressou no mercado de trabalho ou ainda vai ingressar. Lembre-se: quanto maior seu conhecimento e busca por evolução, maior a chance de aparecer oportunidades incríveis para você!
Leia Mais >>

02 abril 2018

02 abril 2018

Como criar uma rotina de estudos perfeita?

As 24 horas parecem ser poucas para um dia. Sair com os amigos, dormir, dar uma bisbilhotada nas redes sociais e comer são apenas algumas das diversas atividades que precisamos encaixar nesse período de tempo e, claro, não podemos esquecer do horário de estudar. É sobre esse último tópico que iremos falar hoje.

De segunda à sexta



Não adianta só ir às aulas e prestar atenção no que o professor fala e coloca na lousa. Chegue em casa, dê uma descansada e separe o conteúdo que teve no dia para poder revisá-lo, com pequenas pausas de 10 a 15 minutos para que você também não sobrecarregue seu cérebro.

Busque outras fontes



Existem diversos livros sobre o mesmo conteúdo e, com a internet, as novidades só aumentam sobre o assunto que você está vendo. A verdadeira vantagem está em seu subconsciente não se acomodar, relacionando a escrita que você fez na sala com a leitura que você faz depois, tornando prazeroso e nada cansativo os estudos.

Cada dia é um novo dia



Um mês têm muitos dias para que você possa lembrar de cabeça cada horário e matéria que deverá estudar, então mantenha uma organização precisa sobre o que estudar e quando estudar. Sem essa logística há uma chance muito grande de acumular em um mesmo momento o estudo que você poderia dividir pela semana e inteira.

Descanso e lazer: todo mundo merece



Estudar é importante, mas lembre-se que também é preciso respeitar seu corpo. Marcar no cronograma horários para um descanso mais longo, esticando as pernas ou vendo um episódio da série que você acompanha é essencial. E não se culpe por achar que você poderia estar resolvendo mais um exercício durante aquele momento, pois o seu cérebro irá te agradecer. Quanto mais saudável mentalmente, melhor você conseguirá voltar para o cronograma do dia!

Poucas, mas precisas, essas foram as dicas de hoje. Já corre para deixar o seu cronograma montado o mais rápido possível e não perder nenhuma matéria até o final do semestre.
Leia Mais >>