20 março 2018

20 março 2018

Como espantar o sono para estudar

Estudar é preciso, mas tem que ter disposição, né? A gente sabe que é ainda mais difícil quando, na segunda página ou no meio do exercício, aquele sono mal resolvido das noites anteriores resolve aparecer e atrapalhar tudo. Então, como adivinhamos o que se passa com você aí do outro lado da tela, hoje é o seu dia de sorte: reunimos aqui algumas dicas para espantar a sonolência que insiste em te perseguir.

Tem café?



A cafeína é a boa e velha aliada dos estudantes. Por isso, o café é um estimulante natural e age diretamente no sistema nervoso central, deixando nosso cérebro mais concentrado o com atenção redobrada. Mas, lembre-se: tudo em exagero faz mal. ;)

Que haja luz!



Quanto mais claro for o ambiente de estudo, menor a chance de você tirar aquela pestaninha. Quando há luz suficiente, as nossas retinas levam o estímulo até o cérebro para compreender que é "dia" e por isso, devemos nos manter acordados e atentos.

Ambiente certo



Nada de estudar sentado na cama ou largado no sofá, pois a chance de bater o sono é alta! Esses dois lugares são muito confortáveis e propícios para aquela sonequinha, fazendo com que nossa mente assimile-os a locais de descanso e não de aprendizado. Então, a convencional dupla mesa&cadeira é sempre a melhor escolha.

Dormir melhor para estudar melhor



O sono de boa qualidade também é um dos preparativos para um bom estudo. Quando estiver estudando e a força de fechar os olhos for maior que você, dê aquela dormidinha de 30 minutos. Já sabemos que lutar contra não faz bem. ;)

Novos conteúdos, novos respiros para o cérebro


Não exagere muito na dose de uma mesma matéria. Sempre que ficamos por horas focados em um mesmo assunto, o nosso cérebro sente um cansaço pela absorção monótona de conteúdo. Nosso conselho é que siga uma rotina alternada.

Produtividade diurna ou noturna?



Quando você senta para estudar à tarde, o sono aparece instantaneamente ou isso acontece somente à noite? Talvez você esteja escolhendo o período errado do dia para assimilar novos aprendizados. Existem sim pessoas que estudam, trabalham, sentem-se mais criativas e melhores dispostas para fazer suas tarefas na primeira metade do dia. Já outras preferem fazer tudo isso no período noturno. Não se preocupe, não precisa fazer nenhum exame para descobrir isso: é só perceber em quais momentos do dia você é mais produtivo.

Seguindo todas essas dicas não tem mais cansaço que atrapalhe os estudos! Então, coloque-as em prática o mais rápido possível para não perder mais tempo. Podemos falar que salvamos você de molhar mais algumas páginas do caderno: agora não vai mais usá-lo de travesseiro. :D