23 fevereiro 2018

23 fevereiro 2018

5 dicas para se dar bem nas entrevistas de 2018

Uma das etapas mais angustiantes na busca por emprego é a entrevista. Só de imaginar já bateu um frio na barriga aí? Vamos acabar com esse medo com algumas dicas que só uma amizade sincera pode dar. Tá com o bloquinho em mãos? Então, anota ai!

“Meu currículo está em branco, o que eu coloco?”



Nunca trabalhou? Calma! Isso não será um problema: todo mundo tem a sua primeira vez. O importante é ser transparente, não mentir e mostrar muita força de vontade. Deixe claro que está disposto a aprender e, se tiver alguma familiaridade com alguma das funções da vaga, por que não colocar no CV? Também vale mostrar suas ambições e aonde quer chegar. Não desanime de se candidatar à uma oportunidade que você se identificou pelo fato de não ter experiência. Combinado?

A cereja do bolo: você



Sempre leve a conversa da entrevista para um lado positivo, mostrando suas melhores intenções como futuro colaborador da empresa. Não deixe de contar suas experiências que julga mais valorosas: tanto profissionais como acadêmicas ou até mesmo uma viagem que acrescentou muito para a sua vivência, idioma e bagagem cultural. Lembre-se: é a sua oportunidade de "vender seu peixe" - ou suas habilidades. Com sinceridade, mostre que você deu match com a vaga!

Internet: sua aliada ou inimiga?



Vivemos em tempos que a internet já nasce grudada com os bebês (nasceu, tirou uma selfie!) e estamos costumados a postar absolutamente tudo o que fazemos, em todos os lugares e a todo o momento. Mas, vale tomar um cuidado especial com o que você expõe nas suas redes sociais sobre a sua vida (pessoal e profissional). Algumas empresas costumam procurar e estudar o perfil de seus candidatos.

Mentira tem perna curta



Poucos são loucos o suficiente para inventar um currículo sem ao menos ter vivenciado as experiências que escreveu ou aumentar uma coisinha aqui e outra ali só para obter alguma vantagem. Não seja essa pessoa! Isso é muito grave e arriscado. Seja você mesmo, use a verdade ao seu favor. Lembre-se que os recrutadores também têm experiência em identificar perfis com informações falsas. Ah! E quando notam transparência e sinceridade diante de situações desfavoráveis na entrevista, é ponto positivo para o candidato. ;)

Vamos falar de coisa boa, vamos falar de benefícios


Se o recrutador não pediu a sua pretensão salarial junto com o currículo, a entrevista é um bom momento para esclarecer esse tópico. Você pode iniciar o assunto de duas maneiras: perguntando se a vaga já tem um valor estabelecido para o salário ou comentando que tem um valor de oferta. Ah! Também é importante perguntar sobre outros benefícios: vale-refeição, vale-alimentação, vale-transporte, plano de saúde, academia… Bom, essa é a hora para deixar tudo claro!

Bom, agora já pode respirar fundo e ficar mais aliviado, né? Encare seus desafios profissionais mostrando maturidade e segurança. Na próxima vez que ficar cara a cara com o entrevistador, seja otimista e acredite: você pode conquistar essa vaga!