29 março 2017

29 março 2017

Zona de Conforto: Como Sair Dela?

O ser humano está em constante mudança: de pensamentos, lugares, profissões e círculos sociais. Para continuar progredindo nas diversas áreas de sua vida, é preciso sair de sua zona de conforto, deixar para trás o que se está acostumado e desafiar-se -- mesmo que isso dê medo.



Mas como encarar o medo do desconhecido, seja na faculdade, na carreira ou dentro de uma empresa? Vamos começar:

1- Aprenda algo novo

Uma boa forma de ir além de sua "bolha" é aprender uma nova habilidade. Você pode aprender um novo idioma, um esporte diferente, praticar as artes plásticas, descobrir os instrumentos musicais, softwares de uso profissional ou até entender um pouco mais sobre as outras áreas de seu emprego. Por pouco tempo ou mais de um mês, tudo conta: o que vale é tentar algo novo.

2- Saia das redes sociais

Não se assuste! Abolir os grupos de mensagem parece difícil, mas pode surtir ótimos efeitos em sua rotina. O que você fazia quando não usava o celular? Teste passar um dia ou algumas horas sem entrar em aplicativos, jogos ou ter acesso à internet e veja os efeitos em sua paciência e foco.

3- Viaje

Não existe jeito melhor que expandir a mente como conhecendo um novo lugar. Longe ou perto, grande ou pequeno, o destino pouco importa: uma viagem para a praia com os amigos ou para o interior podem te inspirar. Aprecie os detalhes, as diferenças culturais, prove novos sabores e converse com as pessoas!

4- Tenha um ato de coragem


Você não precisa pular de bungee jump ou fazer uma tatuagem para testar sua coragem. Ser sincero com seus sentimentos, dar voz às suas vontades, expor suas ideias, cortar o cabelo do jeito que sempre quis ou ir se divertir sozinho são atitudes simples que trarão confiança para sua autoestima.

Abra os olhos, veja o mundo e deixe sua imaginação fluir. A zona de conforto pode ser boa agora, mas fora dela é onde tudo acontece! :)

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

21 março 2017

21 março 2017

Profissões: Já pensou na carreira de Fisioterapeuta?

A área da saúde vai além dos futuros médicos e enfermeiros. Entre diversas profissões que têm como objetivo tratar e prevenir doenças e lesões, a Fisioterapia destaca-se por seu caráter transformador. O fisioterapeuta é o profissional capaz de diagnosticar e cuidar de problemas causados por vícios de postura, acidentes e distúrbios neurológicos, cardíacos ou respiratórios.

1. O que estuda?
O curso tem uma grade ampla, com matérias de biologia, neurologia, massoterapia, traumatologia, incluindo saúde pública e aulas práticas com técnicas de tratamento. O profissional precisa estar preparado para lidar com pacientes de todas as idades e históricos físicos, de crianças a idosos, atletas à sedentários.

2. Campos de trabalho
O fisioterapeuta pode se especializar nos assuntos estudados: um dermatofuncional, por exemplo, cuida do paciente pós-cirurgia amenizando desconfortos; a traumatologia acelera a recuperação de pacientes fraturados; o fisioterapeuta esportivo previne e reabilita atletas lesionados; já a terapia intensiva foca em pacientes internados na UTI com exercícios de respiração e que ativam o corpo. O profissional pode ser autônomo ou optar por trabalhar em clínicas, hospitais e empresas.

3. Oportunidades
A faculdade possui clínicas de atendimento onde os estudantes podem estagiar e aprender sobre o ofício na prática. Alguns serviços são gratuitos e focam em auxiliar moradores da comunidade regional com tratamentos de qualidade. As especialidades oferecidas variam entre as clínicas pelo Brasil, podendo cobrir áreas de ortopedia, geriatria, pneumologia, saúde da mulher, dermatofuncional, neurologia, hidroterapia, entre outros. Para entrar em contato ou saber mais sobre os atendimentos nas clínicas, entre em contato com a mais perto de você:

- Anhanguera do Belenzinho
Local: Anhanguera do Belenzinho
Rua Siqueira Bueno, 929 (próximo a estação do metrô Belém)
Informações e agendamento: (11) 3133-7961
Atendimentos gratuitos!

- Anhanguera ABC
Local: Anhanguera de São Bernardo – unidade ABC
Avenida Dr. Rudge Ramos, 1501 – bairro Rudge Ramos – São Bernardo do Campo
Informações e inscrições: (11) 4362-9036 / 4362-9037
Atendimentos gratuitos!

Local: Centro Clínico da Anhanguera de Santo André
Av. Avenida Pedro Américo, 850, Santo André, na antiga Pirelli
Informações e inscrições: (11) 4991-2577

Além de um leque de trabalho extenso, a fisioterapia ajuda as pessoas a resgatarem confiança e dignidade no dia-a-dia, um passo de cada vez.
Leia Mais >>

10 março 2017

10 março 2017

5 profissões em alta até 2020

Você sabe quais profissionais o mercado mais precisa? Entrando ou saindo da faculdade em 2017, é importante ficar de olho nas tendências para os próximos anos.



Veja as algumas profissões que prometem crescer muito daqui para a frente:

1- Cientista de Dados

É o profissional que analisa e centraliza tendências de dados, criando soluções complexas a partir das informações que ele consegue. As empresas estão desenvolvendo cada vez mais a área de inteligência de mercado, consolidando de vez a era digital nos negócios. As formações costumam ser na área de Exatas, como Ciência da Computação e Análise de Sistemas.

2- Desenvolvedor Mobile


Hoje em dia, o mercado encontra-se insaciável: cada nova plataforma significa uma nova forma de encontrar o público-alvo. E foi assim que surgiu a função de Desenvolvedor Mobile, que cria aplicativos para celulares, como jogos, sites, apps, entre outros. Existem poucos profissionais com formação direcionada para essa área, o que torna aquele com experiência e especialização um grande achado! Os profissionais que estudaram áreas voltadas para tecnologia da informação tem mais facilidade para se especializarem nesse segmento.

3- Designer Especialista em UI
O profissional de UI (sigla que vem do inglês e significa "User Interface", interface do usuário) é responsável por arquitetar toda a trajetória de um potencial cliente dentro de sua experiência com a empresa ou marca. Ou seja: ele cuida do design virtual e físico dessa jornada, contando com ambientação, formatos diferenciados, e cores. A formação pode ser em Design Gráfico, Publicidade ou em áreas relacionadas ao desenvolvimento de softwares.

4- Profissional de Trade Marketing

Ele é quem estuda sobre a melhor disposição dos produtos no ponto de venda, pesquisa sobre concorrentes, posiciona a marca no mercado, distribui os materiais de marketing para filiais, além de fazer contato direto com fornecedores de serviços. A formação necessária é em Publicidade, Marketing ou Administração.

5- Gerente de Educação Continuada — Serviços Clínicos

Para aqueles interessados na formação de Enfermagem ou outra relacionada à saúde, podem optar por essa área da gestão, que desenvolve um plano de educação clínica e continuada em laboratórios e hospitais. Com a profissionalização do mercado, existe uma padronização de qualidade de atendimento-- e é aí que esse profissional entra!

Os nomes podem parecer complicados, mas são apenas formas de designar uma função. Por isso, pesquise a fundo o que mais te interessou e fique de olho nas nuances do mercado profissional. :)

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

08 março 2017

08 março 2017

5 Maneiras de Ser Mais Confiante no Trabalho

Levanta a mão quem já duvidou do próprio talento! É normal se sentir assim ao entrar em um novo trabalho, uma nova área ou ao assumir uma nova posição. Esse é o momento em que suas habilidades são colocadas à prova.

Para evitar que a ansiedade e o medo atrapalhem seu desempenho, separamos 5 dicas para fortalecer seus pensamentos:

1. Expresse-se!

Confie em sua opinião e fale quando julgar necessário. Não tenha medo de se expor ou de estar errado: você só aprenderá quando se arriscar! Utilize suas melhores ideias e não as deixe morrer na sua cabeça. Você foi selecionado por um motivo: lembre-se disso.

2. Encontre seus pontos fortes

Quais são as atividades em que você se supera? Atente-se a isso no dia a dia. Saber como você funciona profissionalmente, o que dá e não dá certo, vai te ajudar a desenvolver mais confiança na hora de tomar decisões.

3. Monitore os resultados

Comece o dia enumerando todas as suas atividades. No final do expediente, verifique quais concluiu, quais demoraram mais e quais você não desenvolveu da melhor forma. Assim, vai ter noção de todo o processo de aprendizado e saber onde se empenhar mais.

4. Saia da zona de conforto

Você nunca apresentará boas mudanças superar desafios. É comum nos acostumarmos com processos antigos e deixar passar outras oportunidades. Por isso, arrisque-se em novos campos, aprenda sobre outras áreas e atualize seu repertório.

5. Pratique!

Essa é a dica mais eficiente: se você colocar em prática todos os outros comportamentos diariamente e insistir para atingir os melhores resultados, você vai ver sua autoconfiança fluir em pouco tempo!

Pode parecer difícil, mas não é. Se você curtiu as nossas dicas, compartilhe o texto com seus colegas de profissão!

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

01 março 2017

01 março 2017

4 Características que um Recrutador Busca no Candidato

Todo universitário procura uma oportunidade no mercado de trabalho. E assim como a ansiedade aumenta para os candidatos a uma vaga, o cuidado na seleção cresce para os recrutadores.



Para te ajudar nesse cenário desafiador dos processos seletivos, separamos 4 características imprescindíveis na hora de conquistar o emprego ou estágio dos seus sonhos:

1. Paixão

Amar o que você faz é o segredo para ganhar a atenção de qualquer empresa. Quando um recrutador percebe o quão interessado você é pela sua profissão, ele sabe que você tem o potencial de aprender e de crescer dentro da área. Por isso, esteja preparado para perguntas sobre sua escolha de carreira e o que espera do futuro.

2. Flexibilidade
Um profissional que sabe se adaptar às adversidades do dia a dia sem afetar sua postura no trabalho pode ser muito valioso para as empresas. A flexibilidade também envolve lidar com diferentes tipos de pessoa e resolver problemas sem grandes aflições, entre outros. Para treinar essa habilidade, uma boa dica são os jogos de raciocínio.

3. Comunicação
É importante que você explore ao máximo sua capacidade de comunicação em um processo seletivo, e você pode começar o treino na faculdade: apresente os seminários, elabore respostas orais, argumente entre os amigos, em debates e nas discussões em aula. Treinar a dicção e aumentar seu vocabulário também ajudam.

4. Respeito
Empresas são lugares com alta concentração de gêneros, culturas, religiões e gostos. Um candidato sem empatia vai ter muita dificuldade em lidar com toda essa diversidade, e isso vai ser analisado pelo recrutador. Uma boa forma de trabalhar essa característica é sempre ter amigos e conhecidos de meios diferentes e ter a cabeça aberta à novas visões de mundo.

Com um pouco de dedicação diária, você pode chegar mais perto de encontrar a empresa ideal. Boa sorte!

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>