26 janeiro 2017

26 janeiro 2017

Qual é o intercâmbio perfeito para você?

Seja para aprimorar uma outra língua ou trabalhar em uma área que você nunca imaginou, existem diversos tipos de intercâmbios para universitários e recém-formados pelo mundo todo. Quer descobrir qual experiência é ideal para você? Dá uma olhada!

1. Curso de línguas


É a principal pedida para os intercambistas de primeira viagem, porque proporciona uma imersão que só a vivência fora de seu país pode oferecer. Você pode se desafiar com um idioma totalmente novo ou treinar a fluência. De qualquer forma, é uma boa forma de aproveitar as férias, com os pacotes que duram 30 dias ou menos.

2. Trabalho de verão

Uma boa opção para quem não quer parar os estudos ou prefere uma experiência curta fora do país. O intercâmbio de verão oferece vagas de emprego em hotéis, resorts, lanchonetes e restaurantes nos períodos mais atarefados do ano: as férias! Lá, você conhecerá pessoas do mundo inteiro, aproveitará o lifestyle local e voltará para as aulas com o currículo mais completo.

3. Trabalho Voluntário
De todas as opções, o intercâmbio voluntário é considerado o mais barato e mais gratificante. Os destinos são países que recebem ajuda humanitária, como Índia, África do Sul, Nepal, entre outros. Os trabalhos são focados em educação, esportes, saúde, cuidado ambiental e ações sociais. Além de toda experiência proporcionada, olhar o mundo por outra perspectiva é uma bagagem que você leva para toda a vida.



Pronto para descobrir novos lugares, novas culturas e novas pessoas? Corra atrás do seu intercâmbio perfeito, guarde uma graninha e saia por aí experimentando. O mundo é grande demais para ficar em um lugar só! :)

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

25 janeiro 2017

25 janeiro 2017

5 opções para você começar a fazer Trabalho Voluntário

Como correr atrás de uma experiência bacana e com valor significativo, tanto para o currículo quanto para seu crescimento pessoal? Escolha um trabalho voluntário!

Além de enfrentar diferentes desafios, você conhecerá pessoas e poderá usar suas próprias habilidades para o bem. Veja as áreas que você pode procurar:

1. Ajuda aos animais

Muitas ONGs animais precisam de voluntários que doem ração e remédios, trabalhem em campanhas de adoção, banho e tosa e até dog walker! Que tal conseguir lares amorosos para os pets de sua cidade?

2. Ajuda ao meio-ambiente
As ONGs voltadas ao meio-ambiente estão ligadas com o reflorestamento de matas, minimizando danos ambientais, conservando patrimônios culturais e reerguendo a fauna e a flora brasileira. Os voluntários podem ajudar na elaboração de flyers, eventos, patrocínios e até captação de recursos.

3. Ajuda a pessoas em situação de rua

Em noites frias ou quentes, um cobertor, um prato de comida e um sorriso podem salvar muita gente. Procure saber sobre instituições de arrecadação de roupas e comida para moradores de rua, assim como ações feitas pelas ONGs de sua cidade.

4. Ajuda a idosos

Diversos asilos procuram voluntários para serem ouvintes, contadores de histórias, jogadores de xadrez, palhaços, entregadores de flores, entre outros. Muitos dos residentes não possuem família e só pedem por um pouco de companhia. Que tal reservar um tempinho do seu fim de semana para bater com eles?

5. Ajuda em hospitais

Todo mundo sabe que hospitais não são lugares amigáveis. Crianças, idosos e famílias se reúnem na preocupação, força e determinação para enfrentar os problemas. Qualquer chance de sorrir, gargalhar e se divertir é mais do que bem-vinda, e você pode levar essa felicidade com palhaçadas, piadas, música ou até uma visita de pets!

Seja qual for a ajuda que você quiser (e puder) proporcionar, tire um tempo de sua semana e procure ONGs e instituições em sua cidade. Com certeza você não irá se arrepender!

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

24 janeiro 2017

24 janeiro 2017

7 Novas Metas para o Novo Ano Letivo

Feliz 2017, universitários!


Se você concluiu ou não sua check-list anual, pense em seu crescimento no último ano e faça uma nova lista. Quais metas você quer atingir para melhorar seu desempenho na faculdade? Para te ajudar, pensamos em 7 objetivos que poderão transformar 2017 em um ano de diferente:

1- Dedicar-se mais

Diga adeus à procrastinação. Para manter-se focado quando o estudo ou o trabalho exigirem mais de sua atenção, você pode criar pequenos rituais que te motivem, como presentear-se depois de pequenas conquistas, estipular horários para cada atividade ou planejar 5 ou 10 minutos de descanso por hora estudada.

2- Aprimorar um hobby
Se você toca algum instrumento, desenha, é apaixonado por um esporte ou coleciona livros, por que não se aprofundar em seu hobby? É uma boa alternativa para tirar sua mente da tensão dos estudos e trazer mais inspiração para seu dia a dia.

3- Dormir mais cedo

Você sabia que dormir e acordar todos os dias no mesmo horário aumenta sua produtividade em até 50%? O senso de rotina estabiliza seu corpo, amenizando a ansiedade e alimentando seu cérebro com mais foco. Não há nada que uma pessoa descansada não possa fazer! :D

4- Ajudar um colega de classe

Ensinar outros é a melhor forma de aprender. Que tal dedicar um tempo para aquele colega com dificuldade? Vocês poderão trocar conhecimento e, além de estudar, você estará se conectando com novas pessoas. O melhor dos dois mundos!

5- Beber água

É mais fácil do que você acredita: se beber 4 garrafinhas de 500ml durante o dia, você terá tomado a quantidade ideal de água. Por isso, compre uma garrafa e não desgrude dela! Deixe-a em um lugar visível o tempo todo. Dessa forma, você não se esquecerá de se hidratar.

6- Adiantar trabalhos

Evite o estresse de fazer exercícios na noite anterior ao prazo de entrega. Por mais atarefada que seja sua rotina, teste dividir as etapas do trabalho pelos dias da semana. Estudando aos poucos, você dificilmente sentirá o cansaço de esforçar-se em um mesmo tópico com pressa.

7- Viajar

Quando você conhece lugares novos, abre um mundo de possibilidades e referências. Compare seus hábitos com os costumes de outras culturas, tire muitas fotos, experimente comidas típicas e dê a si mesmo a chance de olhar para o mundo com outros olhos. Você, com certeza, terá muito o que contar para os amigos da faculdade!

Além das nossas dicas, quais são as metas que não escaparam do seu ano? Conte para nós! :)

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

17 janeiro 2017

17 janeiro 2017

5 Passos para se Tornar um Jovem Empreendedor

O mundo é dos empreendedores. Em todos os lugares, pequenos negócios surgem de ideias reinventadas, práticas e eficientes, compondo um cenário jovem de novas empresas; já dentro das universidades, mais e mais alunos pensam em diferentes maneiras de atualizar a economia com seus próprios insights.



E você? Já teve uma ideia que não saía de sua cabeça, mas não soube como colocá-la em prática (ou até mesmo, não acreditou em seu potencial)? Nós te ajudaremos a organizar seus planos e, quem sabe, te inspirar a dar uma chance a eles!

1- Descubra sua paixão

Nenhum empreendimento, por maior que o investimento seja, vai para frente sem uma boa dose de paixão. Por isso, procure um tópico, produto ou segmento que você se identifique o bastante para dedicar sua vida a isso. Gosta de moda? Alimentação? Construção? Consultoria? Hora de desvendar um "hobby"!

2- Estude para torná-la real


Tendo definido o que será seu empreendimento, comece a estudá-lo. Pesquise sobre o estado do mercado atual, empresas similares, produtos concorrentes, suas formas de comunicação, estratégias, o público-alvo com quem falam, onde houve sucesso e onde houve perda. Estude, estude, estude, até ter base o suficiente para falar com convicção sobre o assunto.

3- Planeje

Junte tudo que aprendeu estudando e crie um planejamento estratégico. Comece com o mais simples: o que você quer fazer? Onde quer chegar? Para quem se direciona? Como quer chegar lá? Coloque no papel o que você precisaria para tornar esse sonho realidade, estipulando tempo, investimento, plataformas e outras informações que julgar necessárias.

4- Compartilhe sua ideia

Nenhuma ideia flui sozinha. Dando voz aos seus planos e discutindo com outros jovens empreendedores será mais fácil descobrir onde estão os erros ou o que está faltando. Tenha certeza de que quem receberá essas informações possui boas intenções (e saiba quando aceitar um 'conselho' ou recusá-lo).

5- Apresente para o mundo

Você já estudou, planejou e aperfeiçoou suas ideias. Sabe o que precisa ser feito e como fazê-lo. Com o investimento em mãos, vença o medo de errar e dê uma chance para o negócio! Abra as portas para um novo mundo de possibilidades e aprenda o máximo que puder. Se der certo ou não, o importante é que você venceu uma etapa.

Se inspirou? Abra seu caderno e comece a esboçar um projeto! :D

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>