25 maio 2016

25 maio 2016

4 dicas para se concentrar na hora dos estudos



Estudar não é uma tarefa fácil e muitos alunos têm dificuldades em se concentrar. Por isso, destacamos algumas dicas para te ajudar a virar o jogo e fugir das distrações:

1- Desligue o celular e saiba que ouvir música pode te atrapalhar



Deixar o celular por perto é convidar a procrastinação para te acompanhar nos estudos. Você pode cair na tentação de dar uma espiadinha nas redes sociais e o que levaria alguns minutinhos acabará virando horas. Para alguns estudantes, ouvir música pode prejudicar a concentração. Outros, já preferem a companhia dela. Isso pode depender de como a sua mente lida com o som. Por isso, faça um teste e veja o que é melhor para você.

2 - Estude uma matéria de cada vez e não misture os assuntos



Não encare as matérias de uma só vez: você não está numa batalha e nem precisa lutar contra o tempo. Tenha calma, separe os assuntos para poder estudar um de cada vez e organize as outras matérias para depois.


 3- Faça intervalos



Forçar a barra nunca é legal, nem mesmo na hora de estudar. Estipule um tempo para os estudos e faça algumas pausas para se alimentar, tomar um café e checar o seu celular . Respire um pouco e reponha as energias.


 4- Estude sozinho



 Estudar acompanhado pode fazer com que o foco seja perdido com conversas aleatórias em momentos de descontração. Além disso, seus amigos podem não estar no mesmo ritmo que você e acabar prejudicando seu desenvolvimento. Agora que você já pegou as dicas de como se concentrar, foque nos estudos e boa sorte!


 Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

19 maio 2016

19 maio 2016

Como se tornar um profissional mais criativo

Se engana quem pensa que a criatividade é assunto apenas para as áreas de artes e comunicação: o mercado de trabalho pede que os profissionais sejam cada vez mais criativos e inovadores. A criatividade não é como um botãozinho que você aperta e num passe de mágica tudo se transforma, mas também não é um dom. Ela não é nada mais que treino e muita referência. Mas saiba que você não ficará mais criativo da noite para o dia e nem terá ideias brilhantes o dia todo. Por isso, reunimos algumas dicas para te ajudar a treinar a criatividade, um pouquinho de cada vez.




1 - Seja curioso 



Sim, a curiosidade é primordial para treinar a sua criatividade. Observe o comportamento das pessoas, busque referências e utilize a internet sempre ao seu favor. Até mesmo aqueles assuntos que você define como cultura inútil e que não vão afetar diretamente o seu trabalho podem te ajudar a ser mais criativo. Sim, eles são úteis e vão te levar a uma boa ideia.

2 - Escreva suas ideias
 

Mesmo que você tenha uma boa memória, nunca confie totalmente nela. Tenha sempre um caderninho ou bloco de anotações para anotar seus pensamentos, observações e ideias.

3 - Viaje muito



Viajar vai ampliar o seu leque de referências. Conheça outros países e alimente a sua bagagem criativa. Mesmo se a grana estiver curta, utilize a internet para descobrir um pouco sobre outras culturas. Isso vai te tornar um profissional mais flexível, maduro e aberto às mudanças.

4 - Saia da zona de conforto 



Mudanças não acontecem por acaso e a inovação vem da criatividade. Por isso, não tenha medo de arriscar: sair da sua zona de conforto fará você se sentir vivo e com vontade para querer ir cada vez mais longe. 


Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

13 maio 2016

13 maio 2016

4 dicas que podem ajudá-lo depois da faculdade



Pós-graduação, concurso público, morar fora por um tempo, abrir um negócio próprio ou ficar mais um tempinho no atual emprego? Já parou para pensar no que você vai fazer depois que se formar?



Opções não faltam - e as dúvidas também não. Por isso, fizemos uma guia que pode ajudá-lo a se preparar para a próxima etapa da sua jornada.

1 – Coração 




O primeiro passo é escutar a voz do seu coração! Quer fazer uma segunda faculdade? Faça! Quer tirar um ano sabático? Tire! Quer abrir o seu negócio? Faça isso! Não está feliz no atual emprego? Busque outro! O importante, de verdade, é seguir o que você quer, sem se importar com o que vão falar de você.

 2 – Tenha um plano




Após escutar o seu coraçãozinho, é o momento de traçar um plano. Optou por uma segunda faculdade? Bata um papo com quem faz o curso que você deseja e pesquise o máximo que puder sobre ele. Escolheu viajar? Converse com quem viveu ou está vivendo a experiência, visite agências de intercâmbio, pesquise na internet. Depois disso, trace uma estratégia: você vai precisar guardar dinheiro? Quanto? Alguém da sua família consegue te ajudar?

3 – Networking



Independente do que você irá escolher, o importante é ter contatos e cuidar de todos eles com muito carinho, pois quando você precisar de uma ajudinha, terá a quem recorrer. Portanto, converse sempre com as pessoas, esteja disposto a colaborar, compartilhe conhecimento. Contatos são como plantinhas: precisam ser regados.

4 – Acredite em você 



Se você não acreditar, quem fará isso? Os seus pais? Pode ser que sim. Porém, você é o autor da sua vida. Ou seja: o que você for fazer, já comece acreditando que é capaz de levá-lo adiante. Opções para depois da faculdade não faltam, mesmo. Mas é legal que sejam escolhidas baseadas em pesquisa, vontade e confiança.

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

05 maio 2016

05 maio 2016

4 passos para se dar bem na fase do processo seletivo


Todo dia é a mesma coisa: muitas pessoas acordam esperançosas e pensam: “é hoje!”. O dia termina e não é todo mundo que conseguiu um emprego, ou até agendar uma entrevista, já que a concorrência é grande. Por isso, listamos umas dicas que podem te ajudar a se dar bem.



1 – Capriche no currículo



É o seu currículo que vai atrair a atenção do recrutador! Portanto, coloque apenas as experiências que tenham a ver com a vaga que você quer, não minta e capriche no português. Fique tranquilo se for o seu primeiro estágio: liste os cursos que já fez, as palestras que assistiu e eventuais trabalhos voluntários. Aí é sórevisar e enviar.

2 – Entrevista agendada



Após marcar a entrevista, tente ficar tranquilo, confiar no seu potencial e sair de casa calmo. Tudo bem que não é fácil respirar fundo e relaxar, porque de fato você quer e precisa do trabalho, mas lembre-se: ficar ansioso pode interferir no seu desempenho.

3 – Saia de casa com antecedência



Se você nunca esteve na região da empresa, é legal sair de casa bem mais cedo para evitar de pegar trânsito ou qualquer outro evento que possa acontecer de última hora. Caso tenha perguntas para fazer e acha que pode esquecê-las, anote em um caderninho e não saia da entrevista com dúvidas.

4 – Esqueça a entrevista



Não passe os próximos dias tentando saber se foi bem ou não. Claro que não é para abandonar o seu e-mail e celular: vale dar uma olhadinha de vez em quando e continuar enviando currículos. Sempre pode aparecer uma oportunidade que seja mais perto da sua casa e até com um salário melhor.

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>