26 fevereiro 2016

26 fevereiro 2016

Com vocês, o Trote Solidário

Para quem sonha em mudar o mundo e decidiu que este ano vai fazer a diferença, temos uma excelente notícia: você pode participar do Trote Solidário, uma campanha super do bem para recepcionar os calouros. A ideia é começar o ano letivo fazendo o bem, com paz e amor no trote. As nossas unidades estão preparando vários projetos sociais, como arrecadação de alimentos para instituições e mutirões de saúde, entre outras ações bem legais. Para isso, escolhemos o tema 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Você pode escolher uma, duas, três ou até todas as metas, reunir os calouros, veteranos, professores e coordenadores para, juntos, ajudarem a sua comunidade. Também podem dividir os 17 objetivos assim: a galera do curso de Nutrição arrecada alimento, a turma da área da Saúde presta atendimento, a de Contabilidade ajuda a declarar o imposto de renda e assim por diante. É só encontrar o melhor jeito de desenvolver as missões. Fora transformar o trote em uma experiência muito legal para os alunos, o Trote Solidário vai contribuir para que a gente tenha um mundo melhor e mais igualitário, começando pelo nosso entorno.
Leia Mais >>

19 fevereiro 2016

19 fevereiro 2016

Estresse? Nem pensar!

Faculdade, trabalho, família, amigos, cursos extracurriculares, reuniões... São tantos compromissos que chega a ser natural as emoções ficarem à flor da pele e bater aquela vontade de jogar tudo para o ar. Mas sabemos que o seu desejo de conquistar os objetivos é bem maior que qualquer irritação ou cansaço. Para incentivá-lo ainda mais, listamos umas sugestões para você ler e reler antes mesmo de pensar em deixar a peteca cair! Bora lá? 

1 – Não force a barra


Começou a executar um trabalho, mas não está sendo produtivo? Simplesmente pare! Vá dar uma voltinha, tome uma água, converse com alguém, coma um chocolate, navegue na internet e só volte depois. Dessa forma, você vai relaxar o cérebro e o corpo. Se insistir em fazer a tarefa, saiba que corre o risco de começar a achar chato e empurrar com a barriga, o que não é nada útil. Por isso, pare, respire e volte com força total. 

 2 – Apenas saia


Sozinho ou acompanhado: saia! Tudo bem que você tem uma porção de compromissos, mas o mais importante é com a sua saúde. Portanto, tire um momento para você. Vá ao parque, museu, cinema... opções não faltam! Se você é do tipo caseiro, melhor ainda: curta a sua casa, se jogue no sofá, na cama, no chão ou na rede. O que vale mesmo é ter o seu momento, para se curtir. 

 3 – Durma direito 


Se tem uma coisa que não é nada saudável é passar a noite estudando ou trabalhando. Ela foi feita para dormir. O cérebro precisa e deve descansar para assimilar direitinho todas as informações que você aprendeu durante o dia. O seu corpo não é de ferro. Por isso, , para não sentir aquele mal-estar no dia seguinte como se um caminhão tivesse passado por cima de você, durma. 

4 – Pratique uma atividade física 


Não gosta de academia? Não tem problema! O que não falta são opções pagas e gratuitas para exercitar o seu corpo e, de quebra, melhorar a circulação, o humor, a coordenação dos movimentos, o equilíbrio e ter mais disposição. Para isso, você pode jogar futebol, caminhar, praticar yoga, pular corda e até dançar. Vale tudo, só não vale ficar parado! 

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

12 fevereiro 2016

12 fevereiro 2016

Dicas para mandar bem na entrevista de emprego


Pode ser que seja a sua primeira, a segunda, a terceira ou até a décima entrevista: o importante é que sempre vai bater aquele friozinho na barriga e você deve estar preparado para impedir que ele atrapalhe o seu desenvolvimento. Para isso não acontecer, separamos umas dicas bem bacanas que vão te ajudar a sempre mandar bem! Vamos lá?



1 – Estude



É isso mesmo! Além de estudar sobre a empresa, é importante que seus conhecimentos sobre a língua portuguesa estejam afiados, pois pode ser, por exemplo, que o recrutador aplique uma redação. Caso não tenha que escrever, é essencial que você fale corretamente e isso só é possível quando você estuda e lê bastante, o que garante um vocabulário amplo uma escrita certinha. 

2 – Não minta


Não sabe executar uma tarefa, lidar com uma ferramenta ou falar uma segunda língua? Não coloque no seu currículo e nem cite na entrevista. Caso o recrutador fale que seja necessário, diga que está disposto a aprender e realmente se dedique ao ser contratado. Não minta, também, quando o entrevistador perguntar qual é o seu maior defeito. Ele sabe que todos nós temos falhas, portanto, seja honesto. 

3 – Vista-se bem


Eis aqui um quesito que o recrutador também avalia. Por isso, é legal você se vestir de acordo com a cultura da empresa. Ainda no quesito aparência, também não vale mascar chiclete e falar gírias, pois esses atos só farão mal a sua imagem. 

4 – Não se atrase


Esse ponto parece óbvio, mas é sempre bom dar uma frisada! Por mais que você não queria se atrasar, isso pode acontecer. Por isso, saia de casa com antecedência, para não correr o risco de pegar trânsito, mesmo que não seja no horário de pico. Também vale visitar o local um dia antes e evitar se perder ou ficar procurando.

E você, tem alguma dica para dividir com a gente?

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

05 fevereiro 2016

05 fevereiro 2016

4 Dicas de negócios que estão sempre em alta

Todo ano listamos metas e mais metas mas nem sempre é possível atingir tudo o que propusemos. Às vezes, por falta de dinheiro ou por ter surgido outra oportunidade. Mas, se está mesmo na sua listinha dos desejos ter o seu próprio negócio e você não sabe por onde começar, a gente consegue te ajudar: se liga nos 4 tipos de empreendimentos que estão sempre em alta. Anime-se e vamos lá!


1 – Comida



Não importa o ano, o mês, o dia, o horário... Saco vazio não para em pé! Por isso, investir no ramo alimentício é sempre uma boa ideia. Seja doce, salgado, quente ou gelado. Portanto, se você manda bem na cozinha, eis aqui uma deliciosa forma de fazer o que gosta, ser seu próprio chefe e ainda ganhar dinheiro. Nada mal, né?

2 – Beleza



Mesmo em períodos de grana mais curta, a cada dia mais e mais pessoas dão um jeitinho de se cuidar. Investir em um salão de beleza ou em uma loja de cosméticos, por exemplo, é uma boa alternativa. Para começar, você pode atender os seus parentes, amigos e vizinhos por um preço bem camarada para atrair a clientela. 

3 – Roupa


Quem sabe fazer roupas pode criar, por exemplo, modelos diferentes e vender com o conceito de peça exclusiva. Se você não manja nada de produção, outra sugestão é fazer pequenos reparos, como colocar zíper, fazer barra, pregar botões ou costurar furos. Também pode comprar peças prontas para revender e oferecer um prazo bem legal, caso seu cliente não possa pagar na hora. Assim, você conquista a confiança. 

4 – Criança 




Esse ramo é o mais fofo, mas também é o que exige responsabilidade e paciência em triplo. Se você gosta de crianças, aposte nesse segmento,. Você pode ser babá e ajudar uma mãe que às vezes está se desdobrando para cuidar de tudo. Você ainda pode aprender com os pequenos que sempre tem algo para nos ensinar e até aproveitar o momento da sonequinha deles para dar uma estudada. Nada mal, hein?

Fonte das imagens: Giphy

Leia Mais >>