29 janeiro 2016

29 janeiro 2016

Atividades para exercitar o corpo e relaxar a mente

Estudar, fazer curso extracurricular, trabalhar e cuidar da família são algumas responsabilidades de muita gente. Porém, justamente pela correria diária, é que você precisa dar uma atenção especial à sua saúde: ela é o seu bem mais precioso. Aqui vão algumas dicas dos nossos professores, que você pode fazer até em casa. Vamos lá?


1 – Tempo não é o problema 


O primeiro passo é pôr em mente que, definitivamente, o tempo não é um problema! Tudo bem que você tem mil e uma coisas para fazer todo dia, mas a sua saúde é prioridade. Normalmente, as academias e estúdios de atividades físicas funcionam todos os dias e oferecem diversos horários. Basta se organizar direitinho e incluir na agenda em quais deles irá até lá. Você não precisa e nem dever fazer exercícios durante a semana inteira. O ideal é escolher dois dias.

2 – Exercite-se de graça



Grana curta também não é desculpa! Você pode fazer exercícios sem gastar nada. Como? Faça caminhadas, dance ou troque o elevador pela escada. Pode parecer simples, mas só o fato de que você está se mexendo já é de grande valia para o seu cérebro e corpo. Vale acordar um pouquinho mais cedo e dar umas voltinhas no quarteirão da sua casa, reunir a galera para dançar e bater um futebol com os amigos.

3 – Opções não faltam, mas tome cuidado


Além das que a gente já citou, aparecem novidades todos os dias. A mais nova moda é o o Crossfit, um programa de condicionamento físico baseado em exercícios funcionais. Segundo a nossa professora de Educação Física de São Paulo, Cibele Anic, “ é imprescindível que o praticante busque a técnica correta para execução dos exercícios, visto que a maioria se trata de movimentos integrados (envolvendo diversas articulações) e, portanto, mais complexos no aspecto neural.” Por isso, fica o alerta: se você for entrar para alguma aula de Crossfit, pilates, yoga ou até zumba, procure sempre ter o acompanhamento de um profissional, que vai te ajudar na execução correta de cada movimento. 

4 – Mantenha-se hidratado



Agora que você está mais por dentro das vantagens de se, já pode prestar atenção também na sua alimentação e hidratação. A nossa nutricionista e chef, Thais Tezza, indica alguns alimentos que dão uma ajuda extra na hidratação: pepino, alface americana, salsão, rabanetes, couve-flor e melancia.

Fonte das imagens: Giphy