26 março 2015

26 março 2015

Cinco atitudes ‘queima-filme’ no trabalho

Você se esforça, dá o melhor de si, faz um bom trabalho e ainda não consegue se destacar na empresa? Pois é. No ambiente corporativo, entregar resultados é essencial, mas não o bastante. Algumas atitudes no dia a dia podem minar o seu desempenho profissional, por mais banais que pareçam. Listamos algumas para evitar que você seja o “sem-noção” da vez! Confira:

1. Estar sempre atrasado
Essa atitude está em primeiro porque manter a pontualidade é o mínimo que se espera de um profissional. Há empresas com esquemas flexíveis de horário de trabalho, mas são poucas, e a mesma tolerância não se aplica a reuniões e outros compromissos. Uma pessoa que está sempre atrasada dá a impressão de que não se preocupa com os outros ou que não tem controle sobre si mesmo. Fique atento ao relógio!

2. Falar demais
O local de trabalho deve ser respeitado como tal. Conversar com os colegas durante o expediente está longe de ser proibido, mas exagerar no bate-papo pode dar a impressão de que você não está dando a atenção devida às suas atividades. Além disso, para manter o profissionalismo, evite comentar sobre assuntos muito pessoais e revelar opiniões polêmicas em vão.

3. Vestir-se inadequadamente
Existem vários níveis de exigência de vestuário, de acordo com o tipo de ocupação de cada um. Mas, mesmo em um lugar mais descontraído, é preciso usar o bom senso. Não tem jeito: sua imagem pessoal reflete ao mundo o profissional que você é e quer ser. Há empresas em que é permitido até usar chinelo de dedo – mas, na prática, será que você será levado a sério por seus colegas e chefes se vier trabalhar assim?

4. Tentar passar a perna nos colegas
Por mais que pareça não produzir efeitos negativos na hora, uma ação mal intencionada em relação a um colega é facilmente descoberta. Com o tempo, aquele que quer subir na empresa à custa dos outros cria uma reputação ruim, gerando desconfiança nos colegas e chefes. Isso deixa a pessoa isolada e ainda mais longe do reconhecimento profissional.

5. Não admitir erro
A forma com que o profissional lida com o fracasso diz muito mais sobre seu caráter que a forma de lidar com o sucesso. Não admitir um singelo erro, ou pior, tentar culpar outra pessoa por ele, pode anular o efeito positivo de 10 acertos. Assumir o equívoco e tomar a frente para corrigi-lo demonstra responsabilidade e maturidade – duas chaves para a ascensão profissional.