23 janeiro 2015

23 janeiro 2015

Quatro conselhos zen para guiar o seu ano letivo

Terminou o semestre passado com a sensação de que poderia ter feito melhor? Calma, fera! Não fique para baixo: o bom da vida é que sempre existe a chance de recomeçar. Um novo ano letivo nos aguarda, cheio de oportunidades para você aproveitar ao máximo o investimento na sua carreira! Vamos lá? Pegue a nossa mão, que a gente vai ser o seu mestre pelo caminho da sabedoria com quatro conselhos zen para um ano 100% na facul!

1. A disciplina pessoal reflete na disciplina acadêmica
Para começo de conversa, se a sua rotina for um caos fora da sala de aula, fica bem difícil ter disciplina lá dentro, né? É preciso ter as tarefas do dia a dia bem ordenadas, para que nada atrapalhe a sua concentração na hora de estudar. Procure ter o mesmo horário para dormir todos os dias, para estar sempre disposto. Se você tem problemas para acordar, já deixe tudo arrumado à noite para sair de manhã. Para conciliar mais facilmente os compromissos pessoais e de trabalho com as tarefas da faculdade, que tal adotar uma agenda? Também, a gente não é pai nem mãe de ninguém, mas lembre-se de alimentar-se bem. Tomar essas e outras medidas para por ordem a rotina pessoal fazem toda a diferença, pois deixam a sua mente livre para focar no estudo, sem perturbações!

2. Procrastinar é para pessoas de espírito fraco
Não adianta olhar para outro lado e fingir que não está vendo: as obrigações e os prazos não vão para lugar nenhum. Eles continuam lá, olhando para a gente com cara de reprovação, até serem resolvidos e cumpridos. Deixar para a última hora só dá mais trabalho e estresse. Sabe aquela agendinha que você adotou para organizar a vida pessoal? Então! Ponha lá as tarefas para você saber quando precisa fazê-las; as provas podem ganhar um calendário próprio, para melhor coordenação dos estudos. Passar a noite estudando antes da prova não é de muita ajuda.

3. O estudo pode ser um hábito (minimamente) feliz
Gente, todo mundo tem aquela matéria com que não se dá exatamente bem. E aquela disciplina dificílima, em que a classe toda sofre para passar? Normal! Tudo necessário para, no fim, sair da faculdade com a melhor formação que o seu curso pode proporcionar. Agora, em vez de se martirizar, por que não tentar transformar o sofrimento em algo feliz? Na medida do possível, claro! =D Procure um lugar que você goste para estudar. Tem gente que prefere a tranquilidade do quarto ou da biblioteca. Mas, e se você não se deixa interromper pelo barulho e curte sentar na pracinha ou no sofá do café da esquina? E ouvir música enquanto estuda? Algum problema? Claro que não! Já era essa noção de que estudo tem que ser chato, contanto que você conheça a si mesmo – se estiver se distraindo demais, procure outro ambiente. O importante é fazer do estudo um hábito prazeroso, que você aproveite como (ou quase como) qualquer outro rolê.

4. Foco no futuro dá significado ao presente
Tudo o que você aprende na graduação ou pós-graduação no presente contribui para que você se torne um ótimo profissional no futuro. A memorização não serve só para as provas! Por isso, é tão importante guardar da melhor forma possível o conhecimento que o professor transmite. Para fixar o conteúdo, comece pelo óbvio: prestando atenção nas aulas e evitando conversas paralelas. Aquele conceito complexo é muito mais difícil de entender depois se você não estava totalmente focado na explicação do professor para a classe. E nunca deixe de tirar dúvidas, de preferência na hora que surgem ou depois da aula. Além disso, faça anotações, com observações do professor e ideias suas. Ao chegar em casa ou na hora do estudo, passe suas notas a limpo para outro caderno, organizando-as. Também vale explicar a matéria para alguém: um colega que precise ou mesmo algum familiar ou amigo interessado. Seguindo esses conselhos, é mais provável que os conceitos essenciais fiquem gravados na cabeça para ajudá-lo durante toda a sua vida profissional.

Pronto, pequeno gafanhoto! Você está pronto para fazer de 2015 um ano acadêmico incrível. Agora só depende de você. Vai lá e faça o seu melhor! Qualquer coisa, conte sempre com a Anhanguera para apoiá-lo. Boa sorte!