21 outubro 2014

21 outubro 2014

Estudante cria tecnologia de economia de combustível

Andar de carro seria muito melhor, se a gente não gastasse tanto com combustível, não é? Para o aluno Francisco Nicolas Lopes Filho, isso é possível! O estudante da Faculdade Anhanguera de Tecnologia de São Bernardo criou o Vaporizador Elétrico de Combustíveis, um sistema capaz de reduzir os gastos com gasolina e álcool  em até 30%. E, de quebra, a ideia também ajuda o meio-ambiente, já que a emissão de gases é reduzida.

A invenção

O gerador do Vaporizador funciona a partir de um conjunto de resistências elétricas que transformam energia elétrica em térmica (calor). O equipamento age por meio de indução, transferindo calor para uma tubulação por onde passa o combustível (em forma líquida). Ao entrar em contato com a temperatura desta tubulação aquecida, executa troca de calor.


Substituição da injeção eletrônica. No sistema utilizado hoje, quando o álcool ou gasolina transformam-se em gás dentro do motor, existe uma perda de até 74%. “Contudo, esse mesmo material se torna mais volátil e reagente em sua forma de vapor. Desta maneira, a proporção de combustível queimado com perfeição aumenta, resultando em um acréscimo significativo de potência, economia do motor e redução das emissões de poluentes, pois com a melhor queima do combustível o motor não libera inúmeros metais nocivos ao meio ambiente”, explica o inventor.

Patente. O projeto, que teve apoio do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Faculdade, teve pedido de patente requerido ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e já foi testado em caráter experimental, com resultados satisfatórios.