16 dezembro 2013

16 dezembro 2013

Pós-graduação – a chave para o sucesso!

Que a pós-graduação é absolutamente fundamental para que um profissional consiga crescer na carreira, isso já não é novidade para ninguém! Mas, você sabe por que essa modalidade é tão valorizada pelo mercado de trabalho? Sabia que um profissional pós-graduado tem ganhos muito superiores àqueles que só tem a graduação? Já descobriu qual a diferença entre pós-graduação lato sensu e stricto sensu

Para responder a essas e a muitas outras questões, o Blog Anhanguera entrevistou uma especialista no assunto! Confira o bate-papo que tivemos com a coordenadora dos cursos de pós-graduação e extensão do Centro Universitário Anhanguera de Santo André (SP) e da Universidade Anhanguera UniABC (SP), professora Maria Cristina Terra Magalhães.  

E não se esqueça ...já vá se preparando para fazer a sua pós-graduação hein ; ) 

Blog Anhanguera - No atual mercado de trabalho (supercompetitivo), qual a importância de se fazer uma pós-graduação?
Professora Maria Cristina - A busca pelo conhecimento é vital para o sucesso profissional, portanto, é necessário manter-se atualizado na sua área de atuação, sempre com o objetivo de escalar grandes posições nas empresas. A verdade é que ter uma especialização no currículo pode fazer a diferença na escolha e na disputa por uma vaga no mercado de trabalho. As empresas brasileiras de grande porte e as multinacionais vêm dando preferência à contratação de profissionais com especialização.


Blog Anhanguera - Depois que um profissional conclui uma pós-graduação, em termos salariais, qual o percentual médio de aumento que se costuma obter nos futuros empregos (ou em mudanças de cargo, em decorrência da especialização)?
Professora Maria Cristina - Sem dúvida, a realização de uma pós ou de um MBA aumenta também as chances de um aumento de salário ou de uma promoção. É o que aponta pesquisa da consultoria Robert Half, realizada com executivos brasileiros de alta e média gerência. O estudo mostrou que 66% dos profissionais com MBA ou com pós-graduação tiveram alta salarial após fazerem o curso.
A diferença entre os rendimentos de quem é pós-graduado e quem tem apenas ensino superior chega muitas vezes a 100%.

Blog Anhanguera - Professora, qual a diferença entre as modalidades de pós-graduação stricto sensu e lato sensu? E qual é mais indicada para quem quer trabalhar em grandes empresas, indústrias, escritórios ou abrir seu próprio comércio? 
Professora Maria Cristina - Os cursos lato sensu têm carga horária mínima de 360 horas, podem ser oferecidos nas modalidades presencial e a distância e direcionam-se ao aperfeiçoamento profissional – designam cursos que se seguem à graduação. Ao final deles, o aluno precisa defender uma monografia ou um trabalho de conclusão e recebe um certificado. Os cursos da modalidade stricto sensu disponibilizam aos alunos conhecimentos mais específicos, focados em determinadas áreas, além de serem voltados à pesquisa. Ao final do curso, o aluno receberá um diploma. 

As duas modalidades são bem diferentes, então é importante que a pessoa tenha em mente o que ela quer com aquele diploma ou certificado. Se pretende ser professor universitário ou ir para a área da pesquisa, o ideal é que faça stricto sensu, para adquirir título de mestre ou doutor. Se quiser qualificação profissional e pretende continuar no mercado de trabalho, e não na área acadêmica, o curso lato sensu é o ideal. 

Blog Anhanguera - Logo depois de se formar (graduação), é interessante que o aluno já inicie uma pós-graduação? Quais as vantagens dessa atitude? 
Professora Maria Cristina - Atualmente os selecionadores dão preferência a quem possui pós-graduação voltada para a área da vaga oferecida. E cursar uma pós hoje em dia pode trazer também outros benefícios. As organizações estão interessadas em somar capacidades por isso procuram aqueles que têm melhor base e potencial. O cenário atual do mundo é "pensar globalmente e ser eficiente globalmente".
Outra vantagem considerada fundamental para os especialistas consultados é o aprendizado de conteúdos mais atuais, com professores que atuam no mercado e que conciliam, diariamente, a teoria e a prática de determinada disciplina ou área.

Concordo plenamente com a afirmação do consultor e professor de gestão de projetos da Fundação Vanzolini, José Renato Sátiro Santiago Junior, que disse: "Hoje a pós está ocupando o papel que a graduação ocupava alguns anos atrás. Hoje a bola da vez é a pós".

A entrevistada 

Graduada em Pedagogia e Direito, especialista em Psicopedagogia e Gestão Universitária e mestre em Educação, Administração, Comunicação e Ciências Humanas, a professora Maria Cristina Terra Magalhães é coordenadora dos cursos de pós-graduação e extensão do Centro Universitário Anhanguera de Santo André (SP) e da Universidade Anhanguera UniABC (SP).