19 maio 2016

19 maio 2016

Como se tornar um profissional mais criativo

Se engana quem pensa que a criatividade é assunto apenas para as áreas de artes e comunicação: o mercado de trabalho pede que os profissionais sejam cada vez mais criativos e inovadores. A criatividade não é como um botãozinho que você aperta e num passe de mágica tudo se transforma, mas também não é um dom. Ela não é nada mais que treino e muita referência. Mas saiba que você não ficará mais criativo da noite para o dia e nem terá ideias brilhantes o dia todo. Por isso, reunimos algumas dicas para te ajudar a treinar a criatividade, um pouquinho de cada vez.




1 - Seja curioso 



Sim, a curiosidade é primordial para treinar a sua criatividade. Observe o comportamento das pessoas, busque referências e utilize a internet sempre ao seu favor. Até mesmo aqueles assuntos que você define como cultura inútil e que não vão afetar diretamente o seu trabalho podem te ajudar a ser mais criativo. Sim, eles são úteis e vão te levar a uma boa ideia.

2 - Escreva suas ideias
 

Mesmo que você tenha uma boa memória, nunca confie totalmente nela. Tenha sempre um caderninho ou bloco de anotações para anotar seus pensamentos, observações e ideias.

3 - Viaje muito



Viajar vai ampliar o seu leque de referências. Conheça outros países e alimente a sua bagagem criativa. Mesmo se a grana estiver curta, utilize a internet para descobrir um pouco sobre outras culturas. Isso vai te tornar um profissional mais flexível, maduro e aberto às mudanças.

4 - Saia da zona de conforto 



Mudanças não acontecem por acaso e a inovação vem da criatividade. Por isso, não tenha medo de arriscar: sair da sua zona de conforto fará você se sentir vivo e com vontade para querer ir cada vez mais longe. 


Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

13 maio 2016

13 maio 2016

4 dicas que podem ajudá-lo depois da faculdade



Pós-graduação, concurso público, morar fora por um tempo, abrir um negócio próprio ou ficar mais um tempinho no atual emprego? Já parou para pensar no que você vai fazer depois que se formar?



Opções não faltam - e as dúvidas também não. Por isso, fizemos uma guia que pode ajudá-lo a se preparar para a próxima etapa da sua jornada.

1 – Coração 




O primeiro passo é escutar a voz do seu coração! Quer fazer uma segunda faculdade? Faça! Quer tirar um ano sabático? Tire! Quer abrir o seu negócio? Faça isso! Não está feliz no atual emprego? Busque outro! O importante, de verdade, é seguir o que você quer, sem se importar com o que vão falar de você.

 2 – Tenha um plano




Após escutar o seu coraçãozinho, é o momento de traçar um plano. Optou por uma segunda faculdade? Bata um papo com quem faz o curso que você deseja e pesquise o máximo que puder sobre ele. Escolheu viajar? Converse com quem viveu ou está vivendo a experiência, visite agências de intercâmbio, pesquise na internet. Depois disso, trace uma estratégia: você vai precisar guardar dinheiro? Quanto? Alguém da sua família consegue te ajudar?

3 – Networking



Independente do que você irá escolher, o importante é ter contatos e cuidar de todos eles com muito carinho, pois quando você precisar de uma ajudinha, terá a quem recorrer. Portanto, converse sempre com as pessoas, esteja disposto a colaborar, compartilhe conhecimento. Contatos são como plantinhas: precisam ser regados.

4 – Acredite em você 



Se você não acreditar, quem fará isso? Os seus pais? Pode ser que sim. Porém, você é o autor da sua vida. Ou seja: o que você for fazer, já comece acreditando que é capaz de levá-lo adiante. Opções para depois da faculdade não faltam, mesmo. Mas é legal que sejam escolhidas baseadas em pesquisa, vontade e confiança.

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

05 maio 2016

05 maio 2016

4 passos para se dar bem na fase do processo seletivo


Todo dia é a mesma coisa: muitas pessoas acordam esperançosas e pensam: “é hoje!”. O dia termina e não é todo mundo que conseguiu um emprego, ou até agendar uma entrevista, já que a concorrência é grande. Por isso, listamos umas dicas que podem te ajudar a se dar bem.



1 – Capriche no currículo



É o seu currículo que vai atrair a atenção do recrutador! Portanto, coloque apenas as experiências que tenham a ver com a vaga que você quer, não minta e capriche no português. Fique tranquilo se for o seu primeiro estágio: liste os cursos que já fez, as palestras que assistiu e eventuais trabalhos voluntários. Aí é sórevisar e enviar.

2 – Entrevista agendada



Após marcar a entrevista, tente ficar tranquilo, confiar no seu potencial e sair de casa calmo. Tudo bem que não é fácil respirar fundo e relaxar, porque de fato você quer e precisa do trabalho, mas lembre-se: ficar ansioso pode interferir no seu desempenho.

3 – Saia de casa com antecedência



Se você nunca esteve na região da empresa, é legal sair de casa bem mais cedo para evitar de pegar trânsito ou qualquer outro evento que possa acontecer de última hora. Caso tenha perguntas para fazer e acha que pode esquecê-las, anote em um caderninho e não saia da entrevista com dúvidas.

4 – Esqueça a entrevista



Não passe os próximos dias tentando saber se foi bem ou não. Claro que não é para abandonar o seu e-mail e celular: vale dar uma olhadinha de vez em quando e continuar enviando currículos. Sempre pode aparecer uma oportunidade que seja mais perto da sua casa e até com um salário melhor.

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

28 abril 2016

28 abril 2016

4 jeitos de ter boa memória

Toda vez que você estuda, fica com um monte de informações para guardar na memória. Pode ser o conteúdo que vai cair na prova, o trabalho para apresentar, atividades que você precisa entregar e mais uma porção de coisas, todas importantes.



Para ajudar a sua memória a funcionar bem e não esquecer de nada disso, faça essas 4 coisas bem fáceis:

1 - Silêncio



Estudo não combina com barulho! Você não vai conseguir memorizar nada se a música do vizinho estiver alta, o cachorro latindo e o vendedor da pamonha parado em frente à sua casa. Tudo bem que nem sempre é possível fugir dessa bagunça, mas usar um fone e buscar um cantinho mais isolado, já ajudam. Outra dica é estudar na biblioteca da faculdade, fora do horário de aula, quando normalmente tudo é mais tranquilo.

2 - Organização



Estudar qualquer conteúdo de véspera não vai te deixar com tudo mais fresco na sua cabeça. Pelo contrário: quanto mais em cima, mais chances de acontecer o famoso branco. O ideal é se organizar para conseguir estudar com antecedência e sempre todo dia um pouquinho. Uma dica: anote todas as provas em uma folha e estude a partir de um cronograma em que você tenha, pelo menos, três dias de folga entre a revisão e o teste.

3 - Repita



Um dos segredos de uma boa performance está na repetição, porque o cérebro começa a se familiarizar com o material. Portanto, para armazenar qualquer coisa, repita muitas vezes, leia em voz alta e faça exercícios com frequência.

4 - Durma 



Não adianta muito estudar um material e não descansar a sua mente. O nosso cérebro é poderoso, mas ele precisa muito de uma boa noite de sono para assimilar tudo aquilo que você aprendeu. Durma bem e, se possível, assim que acordar já pegue o conteúdo e faça uma leitura. Aproveite que a cuca costuma amanhecer fresquinha e já mande informações para ela.

Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>

21 abril 2016

21 abril 2016

Espante a timidez


Um dia você vai precisar falar em público, seja para apresentar um trabalho na classe, participar de um processo seletivo, interagir nas reuniões no seu trabalho e até pedir uma informação na rua. Por isso, quanto mais cedo começar a treinar alguns jeitos de deixar a timidez de lado, melhores serão as suas chances de se dar bem na vida pessoal e profissional.



Teatro

O curso de teatro não é somente para quem deseja ser ator. Como um dos aspectos mais trabalhados são as expressões oral e corporal, muitas pessoas recorrem ao curso para combater a timidez e, de quebra, ainda melhoram a criatividade, concentração, compreensão, autoestima: só vantagens.



Espelho

Pode ficar tranquilo se você não dispõe de tempo para praticar aulas de teatro, porque o espelho também pode ajudá-lo a reduzir a timidez. Pegue o material que precisa apresentar faça a sua performance ao espelho em voz alta. Esse treino é capaz de melhorar a sua desenvoltura. Afinal, ele está ali para refletir a sua imagem e postura confiante.



Vídeos

Filme-se e faça uma autoavaliação! Veja o que já está bom e o que ainda pode ser melhorado. Caso não tenha nenhum trabalho para apresentar, apenas fale sobre algum tema que você gosta. O importante é praticar! Conforme se sentir mais confortável, mostre aos seus pais, irmãos e peça a opinião deles, ninguém melhor que a sua família para falar a verdade e dar aquela baita motivação.



Amigos

Se você tem uma entrevista de trabalho e está suando frio só de se imaginar na sala com o recrutador, ou está temendo a dinâmica, pratique com seus amigos. Tem uma apresentação? Marque uma reunião e ensaie com o pessoal do seu grupo! Quanto mais repassarem a apresentação, melhor a nota. E você, tem alguma sugestão para compartilhar com a gente?




 Fonte das imagens: Giphy
Leia Mais >>