16 abril 2018

16 abril 2018

Imposto de Renda: tire todas as suas dúvidas!

Muita gente concorda que a vida adulta têm prós e contras. Ganhar seu próprio dinheiro, fazer planos, se especializar e experimentar a liberdade faz tudo valer a pena… Até algumas responsabilidades chegarem, como o IR.
O prazo para entrega do imposto de renda está acabando! Se você é um "novo adulto" ou apenas tem dúvidas sobre esse documento super importante, viemos te ajudar:

O que é?

O IR é um tributo pago obrigatoriamente pelos contribuintes ao produzirem uma "riqueza", por exemplo, trabalhando. Todo ano, ao declarar os gastos que ocorreram no ano anterior, o contribuinte tem acesso ao seu valor devedor ou sua restituição.

Quem deve declarar?

Todos que receberam, no ano, mais de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, chegando a R$ 40.000,00, precisam declarar. Outros perfis você encontra aqui: https://bit.ly/2qkt48z

E quem não precisa?

Se você não se enquadra nos casos citados acima ou nos perfis do link, é dependente declarado por outra pessoa física ou teve seus bens comuns declarados pelo cônjuge (desde que o valor não ultrapasse R$ 30.000,00), você não precisa declarar!

Ainda preciso de ajuda. E agora?

Relaxa. Em várias unidades pelo país, professores e alunos estão oferecendo atendimentos gratuitos para ajudar comunidades locais e qualquer pessoa que precise tirar suas dúvidas.
Importante! Não se esqueça de levar seus documentos pessoais e comprobatórios dos rendimentos de 2017. Confira:


  • Campo Grande (MS)

Quando: 27 e 28 de abril
Onde: Shopping Norte Sul

  • São José (SC)
Quando: de 20 a 26 de abril, das 19h às 22h
Onde: Faculdade Anhanguera (Rua Luiz Fagundes, 1680 – Picadas do Sul – Laboratório 3)

  • Joinville (SC)
Quando: 28 de abril, das 9h às 12h
Onde: Unidade de Joinville

  • Caxias do Sul (RS)
Quando: de 23 a 27 de abril, das 19h10 às 21h30
Onde: Unidade de Caxias do Sul - Laboratório 1

  • Jundiaí (SP)
Quando: 28 de abril
Onde: Unidade de Jundiaí

  • Jacareí (SP)
Quando: até 27 de abril, exceto sextas-feiras, das 19h às 21h
Onde: Unidade de Jacareí
Contribuição: 1kg de arroz para doação

  • São Paulo (SP)
Quando: 19 de abril, das 19h30 às 21h30, e 28 de abril, das 8h às 12h.
Onde: Unidade Vila Mariana
Contribuição: 1kg de alimento não perecível

Quando: 28 de abril, das 9h às 16h
Onde: Unidade Santana
Contribuição: 1kg de alimento não perecível

  • Santo André (SP)
Quando: 28 de abril, das 9h às 16h
Onde: Unidade Santo André – Industrial
Contribuição: 1kg de alimento não perecível

  • Itapecerica da Serra (SP) 
Quando: 28 de abril, das 09h às 13h
Onde: Unidade de Itapecerica da Serra
Contribuição: 1kg de alimento não perecível

Quando: todas as terças e quintas, até 26 de abril, das 16h30 às 18h30
Onde: Unidade Taboão da Serra
Contribuição: 1kg de alimento não perecível

  • Guarulhos (SP) 
Quando: todos os sábados do mês de abril, das 9h às 12h
Onde: Unidade Guarulhos
Contribuição: 5 caixas de leite

  • Brasília (DF)
Quando: quintas e sextas-feiras até 27 de abril, das 17h às 21h
Onde: Unidade Pistão Sul (FAB)

  • Niterói (RJ)
Quando: 28 de abril, das 9h às 13h
Onde: Unidade de Niterói

Se tiver dúvidas sobre os atendimentos, entre em contato com as unidades da sua cidade!
Leia Mais >>

06 abril 2018

06 abril 2018

Como evoluir no mercado de trabalho

Entrar no mercado de trabalho pode ser difícil, mas se manter estável dentro de sua área é a tarefa mais delicada. Com as crises e evoluções do meio, a instabilidade é uma realidade.

Hoje, separamos algumas das principais dicas para sua carreira crescer de um jeito sólido, sabendo aproveitar oportunidades e construindo sua segurança, tanto pessoal quanto profissional.

Trate todos igualmente



Independente da hierarquia dentro de uma empresa, devemos tratar todos os membros da equipe como iguais, dando voz a cada um deles sem desdenhar de suas ideias e opiniões. Desse modo, você solidifica o grupo, torna o trabalho mais produtivo e extrai resultados positivos, desenvolvendo também sua habilidade de trabalhar em equipe.

Invista em você



A tecnologia está em eterna evolução e com as pessoas não pode ser diferente: evoluir é importantíssimo, se mantendo informado e atualizado dentro da sua área de atuação. Não importa qual o seu meio, é sempre vantajoso investir em cursos ou treinamentos que busquem agregar conhecimento. Então, não fique receoso em gastar aquele dinheiro que estava guardado para as férias em seu desenvolvimento!

Feedbacks existem para aprimorar



Um dos maiores defeitos do ser humano é não conseguir fazer uma autoavaliação da maneira mais sincera possível. Então, como fazer para saber os pontos que está errando ou acertando dentro do seu emprego? É simples: converse com seu chefe ou superior e peça para ele te dar um feedback. Assim, você descobre como está seu desempenho em relação ao esperado, sua postura na empresa e outros tópicos que, aos nossos olhos, são difíceis de avaliar. O feedback é um degrau importante para quem sempre busca crescer profissionalmente.

Aprofundar a relação com os colegas



Geralmente, o tempo que passamos no trabalho é a maior parte do nosso dia. Por isso, mantenha o convívio saudável da melhor forma possível: conhecendo seus colegas. Manter uma boa relação com as diversas pessoas que trabalham ao seu lado melhora o desempenho da equipe e torna o ambiente mais leve, deixando todos confortáveis em trabalhar ao seu lado ou em seu projeto.

Essas foram as dicas para ajudar você que já ingressou no mercado de trabalho ou ainda vai ingressar. Lembre-se: quanto maior seu conhecimento e busca por evolução, maior a chance de aparecer oportunidades incríveis para você!
Leia Mais >>

02 abril 2018

02 abril 2018

Como criar uma rotina de estudos perfeita?

As 24 horas parecem ser poucas para um dia. Sair com os amigos, dormir, dar uma bisbilhotada nas redes sociais e comer são apenas algumas das diversas atividades que precisamos encaixar nesse período de tempo e, claro, não podemos esquecer do horário de estudar. É sobre esse último tópico que iremos falar hoje.

De segunda à sexta



Não adianta só ir às aulas e prestar atenção no que o professor fala e coloca na lousa. Chegue em casa, dê uma descansada e separe o conteúdo que teve no dia para poder revisá-lo, com pequenas pausas de 10 a 15 minutos para que você também não sobrecarregue seu cérebro.

Busque outras fontes



Existem diversos livros sobre o mesmo conteúdo e, com a internet, as novidades só aumentam sobre o assunto que você está vendo. A verdadeira vantagem está em seu subconsciente não se acomodar, relacionando a escrita que você fez na sala com a leitura que você faz depois, tornando prazeroso e nada cansativo os estudos.

Cada dia é um novo dia



Um mês têm muitos dias para que você possa lembrar de cabeça cada horário e matéria que deverá estudar, então mantenha uma organização precisa sobre o que estudar e quando estudar. Sem essa logística há uma chance muito grande de acumular em um mesmo momento o estudo que você poderia dividir pela semana e inteira.

Descanso e lazer: todo mundo merece



Estudar é importante, mas lembre-se que também é preciso respeitar seu corpo. Marcar no cronograma horários para um descanso mais longo, esticando as pernas ou vendo um episódio da série que você acompanha é essencial. E não se culpe por achar que você poderia estar resolvendo mais um exercício durante aquele momento, pois o seu cérebro irá te agradecer. Quanto mais saudável mentalmente, melhor você conseguirá voltar para o cronograma do dia!

Poucas, mas precisas, essas foram as dicas de hoje. Já corre para deixar o seu cronograma montado o mais rápido possível e não perder nenhuma matéria até o final do semestre.
Leia Mais >>

27 março 2018

27 março 2018

Veja quais comidas que te ajudam nos estudos

Você já deve ter ouvido de alguém da sua família que “saco vazio não para em pé”, só para te convencer a raspar todo o almoço antes de sair com os amigos ou praticar algum esporte. Realmente, não para.

Calma, não iremos dar dicas do que comer para jogar futebol com o pessoal, e sim de quais alimentos te ajudarão a ter um rendimento melhor na hora de estudar, seja sua matéria preferida ou a mais difícil.

Saca o garfo e a faca, prepara o prato e a barriga... Ah! E fica esperto para anotar cada uma delas.

Carboidratos Complexos



Os alimentos à base de carboidratos complexos são os melhores para manter a concentração durante os estudos. Eles se transformam em açúcar, que é o responsável pelo fornecimento de energia pro organismo. Assim, o nosso corpo fica mais disposto e o cérebro ganha atenção redobrada. É possível encontrá-los no arroz integral, pães integrais, aveia e cereais!

Proteínas



Elas estão em muitos alimentos, até em uns que você não faz ideia, e não servem só para aquele seu amigo que vive malhando. A digestão de proteínas é mais lenta e proporciona aquela sensação de "barriga cheia". São encontradas em legumes, ovos, carnes, iogurtes, sementes, nozes e até no tofu. 

Zinco



Atua diretamente na atividade dos neurônios e melhora a troca de informações entre eles, contribuindo com a memória mais sólida e também uma concentração maior nas tarefas. Não se esqueça: ele é encontrado em carnes vermelhas, laticínios, ovos, fígado, caranguejo e ostras.

Ferro



O ferro é encontrado na nossa corrente sanguínea e é o grande responsável por carregar oxigênio para os tecidos do corpo, desde a ponta do pé até o topo da cabeça (incluindo o cérebro). Sua falta resulta em pouca circulação, que tem como consequência a perda de memória, cansaço, apatia e perda de concentração. Ele está em vários alimentos, como carnes vermelhas, fígado, aves, peixes, marisco, couve, feijão, lentilha, ervilha e grão-de-bico.

Agora que já passamos um cardápio cheio de alimentos gostosos e importantes para você, está nas suas mãos montar aquele prato bonitão antes de estudar, comer e cair em cima dos livros para aprender o máximo! Até a próxima.
Leia Mais >>

20 março 2018

20 março 2018

Como espantar o sono para estudar

Estudar é preciso, mas tem que ter disposição, né? A gente sabe que é ainda mais difícil quando, na segunda página ou no meio do exercício, aquele sono mal resolvido das noites anteriores resolve aparecer e atrapalhar tudo. Então, como adivinhamos o que se passa com você aí do outro lado da tela, hoje é o seu dia de sorte: reunimos aqui algumas dicas para espantar a sonolência que insiste em te perseguir.

Tem café?



A cafeína é a boa e velha aliada dos estudantes. Por isso, o café é um estimulante natural e age diretamente no sistema nervoso central, deixando nosso cérebro mais concentrado o com atenção redobrada. Mas, lembre-se: tudo em exagero faz mal. ;)

Que haja luz!



Quanto mais claro for o ambiente de estudo, menor a chance de você tirar aquela pestaninha. Quando há luz suficiente, as nossas retinas levam o estímulo até o cérebro para compreender que é "dia" e por isso, devemos nos manter acordados e atentos.

Ambiente certo



Nada de estudar sentado na cama ou largado no sofá, pois a chance de bater o sono é alta! Esses dois lugares são muito confortáveis e propícios para aquela sonequinha, fazendo com que nossa mente assimile-os a locais de descanso e não de aprendizado. Então, a convencional dupla mesa&cadeira é sempre a melhor escolha.

Dormir melhor para estudar melhor



O sono de boa qualidade também é um dos preparativos para um bom estudo. Quando estiver estudando e a força de fechar os olhos for maior que você, dê aquela dormidinha de 30 minutos. Já sabemos que lutar contra não faz bem. ;)

Novos conteúdos, novos respiros para o cérebro


Não exagere muito na dose de uma mesma matéria. Sempre que ficamos por horas focados em um mesmo assunto, o nosso cérebro sente um cansaço pela absorção monótona de conteúdo. Nosso conselho é que siga uma rotina alternada.

Produtividade diurna ou noturna?



Quando você senta para estudar à tarde, o sono aparece instantaneamente ou isso acontece somente à noite? Talvez você esteja escolhendo o período errado do dia para assimilar novos aprendizados. Existem sim pessoas que estudam, trabalham, sentem-se mais criativas e melhores dispostas para fazer suas tarefas na primeira metade do dia. Já outras preferem fazer tudo isso no período noturno. Não se preocupe, não precisa fazer nenhum exame para descobrir isso: é só perceber em quais momentos do dia você é mais produtivo.

Seguindo todas essas dicas não tem mais cansaço que atrapalhe os estudos! Então, coloque-as em prática o mais rápido possível para não perder mais tempo. Podemos falar que salvamos você de molhar mais algumas páginas do caderno: agora não vai mais usá-lo de travesseiro. :D
Leia Mais >>